ABREE e Manaus assinam Termo de Cooperação para reciclagem

Objetivo é garantir a destinação final ambientalmente correta de 100% dos produtos eletrônicos descartados na região.

A Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos (ABREE) assinou um Termo de Cooperação com a Prefeitura de Manaus. A parceria marca a implementação e gestão do processo de logística reversa, garantindo a destinação final ambientalmente correta a 100% dos produtos eletroeletrônicos e eletrodomésticos descartados na capital do Amazonas, por meio do ponto de recebimento cadastrado no sistema ABREE.

O início da parceria foi marcado por um evento realizado no dia 29 de setembro, na sede da Ascarman – Associação de Catadores de Recicláveis do Amazonas – local inaugurado como um ponto de recebimento oficial da região 

Na ocasião participaram o Secretário de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, André França, o prefeito de Manaus, David Almeida, a gerente executiva da ABREE, Mara Ballam, entre outras autoridades e parceiros.

“Manaus marca o início do projeto ambiental muito importante para o Brasil na região. A partir de agora, daremos a destinação ambientalmente correta para os produtos recebidos, além de ajudar na geração de empregos. A logística reversa é a melhor maneira de proteger o planeta e contribuir para uma economia circular”, explica Sergio de Carvalho Mauricio, presidente da ABREE.  

“Vemos aqui a integração do poder federal, estadual e municipal, com o setor produtivo e a sociedade civil. Todos os segmentos unidos para que a transformação possa acontecer. Quem ganha com isso é o meio ambiente e o cidadão. Agradeço ao prefeito David Almeida por ter recebido esse avanço na região Norte, e tornado Manaus a primeira capital da Amazônia com o sistema de política reversa de eletrônicos implantado. Isso é histórico, porque começamos a escrever um novo capítulo onde não teremos mais geladeiras, televisores e outros eletrodomésticos nos igarapés da cidade”, concluiu o secretário André França.

“Estamos fazendo a política reversa. O recolhimento desses eletroeletrônicos é em parceria com a Semulsp e com a Semmas. Vamos tentar diminuir a quantidade de entulhos jogada pelas indústrias de componentes nos igarapés, chegando nos nossos leitos. A prefeitura dá um passo importante. Montamos toda uma política de conscientização ambiental, que estamos ‘startando’ nesse momento. Queremos ser uma cidade ecologicamente correta. Somos a maior cidade da Amazônia e precisamos dar esse exemplo para o mundo”, destacou Almeida.

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários