Alta estação para o mercado de cervejeiras

Festas de fim de ano e verão impulsionam as vendas desses produtos. Volume fica 50% mais alto, em média, do que nos demais meses do ano.

por Raquel Batista

Com a pandemia, a cervejeira foi mais um produto que o consumidor levou para dentro de casa. “No primeiro semestre de 2021, o mercado estava 90% maior que no mesmo período de 2020, e a tendência para os próximos meses é de aumento das vendas, seguindo o movimento de sazonalidade”, diz Renata Dirickson, gerente local de categoria na Electrolux.

É um mercado em alta, conta Rafael Stricker, diretor da divisão eletro da Frigelar. “Como um todo, teve aumento significativo em 2021, com destaque para os modelos residenciais. Acredito que, devido à pandemia, o consumidor acabou mudando os hábitos para o maior consumo em casa. A linha comercial também segue em alta com a reabertura de bares e restaurantes.”

Cada vez mais o consumidor procura formas práticas de lazer. “Isso já tem se apresentado como uma tendência crescente no mercado. No último ano, as pessoas buscaram alternativas para momentos de confraternização dentro de suas próprias casas, o que levou à maior procura por produtos como a cervejeira”, diz Pedro Cheliga, gerente de desenvolvimento de produto da Philco.

Em 2020, a média de consumo per capita de cerveja, no País, foi de 62,6 litros ante 59,9 litros em 2019. ”O Brasil, um dos mercados que mais consomem cerveja no mundo, tem clima tropical e, para que o consumo em casa seja uma boa experiência, as cervejeiras são um acessório quase indispensável. É um investimento assertivo”, diz Marina A. Heinzen, gerente de marketing da Suggar.

Vendas

O canal digital tem puxado bastante as vendas de final de ano, muito pela mudança do comportamento de compras que a pandemia causou, diz Rafael. “Com a chegada do verão, nossa alta estação, e dos eventos e promoções online como a Black Friday, esperamos um aumento significativo nas vendas na comparação com o ano passado.”

Devido ao calor, bem como às diversas confraternizações entre familiares e amigos, as vendas, de fato, sobem nesta época do ano. “Certamente, o período entre outubro e fevereiro representa um grande pico nas buscas por cervejeiras”, acrescenta Pedro.

O volume de vendas fica, em média, 50% mais alto que nos demais meses do ano. “A alta começa em setembro e permanece durante todo o verão, sendo novembro o mês mais significativo com o impacto da Black Friday, diz Renata. “Já o Natal é a principal data do varejo. Todos os segmentos do comércio crescem, estimulados, principalmente, pelo 13º salário”, lembra Marina.

Características dos produtos

ELECTROLUX

Renata Dirickson,
gerente local de categoria

O modelo BEER1 tem capacidade de 100 litros, armazena mais de 120 latas de cerveja de 350 ml. É Frost Free com painel externo white touch on glass, que controla a temperatura de menos 5°C a 10°C. Tem porta de vidro triplo que não embaça e aviso sonoro no painel, emitido após a cervejeira ficar aberta por 4 minutos. Sua função Festa, quando ativada, mantém a capacidade de refrigeração máxima por 6 horas, mesmo se a porta for aberta várias vezes. A função Turbo resfria as bebidas em 1 hora. Possui iluminação interna em LED, ativada sempre que a porta for aberta.

Cervejeira BEER1 – Preço sugerido em 06/10/2021: R$ 5.389,00.

FRIGELAR

Rafael Stricker,
diretor da divisão
eletro

Disponibiliza marcas residenciais e comerciais. Suas cervejeiras trabalham com ventilação forçada para evitar o congelamento e podem atingir temperaturas negativas de até menos 6°C. O modelo residencial da marca, EOS ECE100, possui porta de vidro tripla, que não embaça e auxilia no menor consumo de energia. Conta, também, com os modos Turbo e o ECO.

EOS ECE100 – Preço sugerido em 06/10/2021: 2.149,00.

PHILCO

Pedro Cheliga,
gerente de desenvolvimento
de produto

A cervejeira PCV127 tem como principal diferencial ser 3 em 1, ou seja, também pode ser utilizada como frigobar e adega. Tem 96 litros de capacidade para armazenar 84 latas, ou 52 long necks, ou 30 garrafas de 800 ml ou 4 barris de 5 litros. A temperatura interna pode ser ajustada de menos 5°C até 18°C. Sua refrigeração é por compressor, o que a torna mais rápida e potente. Tem moderno design, display digital, iluminação interna em LED e porta com vidro anticondensação.

Philco PCV127

SUGGAR

Marina A. Heinzen,
gerente de marketing

Tem cervejeiras com capacidade de 50 litros e 98 litros, que também podem ser utilizadas para outras bebidas. Os produtos são Frost Free, com compartimento para latas e garrafas. Possuem display digital para controle de temperatura de menos 6°C a 6°C, porta com vidro duplo, iluminação interna com LED, potência de 90 W (modelo de 50 litros) e 120 W (modelo de 98 litros). São de fácil instalação, não vibram e têm baixo consumo de energia. No modelo de 50 litros, na prateleira de cima, cabem 19 long necks de 365 ml e 8 na de baixo.

Cervejeira de 50 litros – Peço sugerido em 19/10/2021: R$ 1.839,00.

Cervejeira de 98 litros – Preço sugerido em 19/10/2021: R$ 2.359,00.

Fonte: Revista Eletrolar News #145

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários