ARTIGO ABRASA

Associação Brasileira de Pós-Vendas em Eletroeletrônicos (ABRASA)

FALTA DE COMPONENTES AFETA OS SERVIÇOS DE PÓS-VENDAS

Wagner Gatto, diretor-executivo

Não obstante a categoria de prestadores de serviços de pós-vendas de assistência técnica em eletroeletrônicos ter sido considerada essencial pelo Comitê da Covid-19 do Estado de São Paulo e com o mesmo entendimento no Rio de Janeiro, Porto Alegre e outras cidades do País, uma ameaça pode prejudicar o trabalho dos profissionais do setor.

Durante a pandemia, as assistências técnicas funcionaram ininterruptamente, respeitando, logicamente, todos os protocolos exigidos pelos serviços de vigilância, mas agora começam a enfrentar um seríssimo problema, que é a falta de peças e componentes.

Notamos um significativo desabastecimento de peças e componentes com a crescente demanda por consertos e reparos. Lembramos que, com o aumento das vendas, é natural que maior número de produtos seja levado às assistências técnicas, mas, devido à escassez de peças, elas não têm como prestar atendimento imediato.

O problema pode se agravar ainda mais nos próximos meses, inclusive por causa do aumento de preço de algumas peças de reposição. Os prestadores de serviços de pós-vendas não terão como atender os consumidores com reparos imediatos. Além disso, os custos poderão inviabilizar os reparos. A Abrasa vem trabalhando no sentido de encontrar uma solução satisfatória para os dois lados.

Fonte: Revista Eletrolar News #145

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários