Eletricz lança bicicleta elétrica

Nova bicicleta elétrica, da marca Coswheel, atinge 45 km/h de velocidade máxima e até 160 quilômetros de autonomia

A Eletricz, distribuidora brasileira especializada na mobilidade elétrica, acaba de lançar no mercado brasileiro a bicicleta elétrica Fat Bike Coswheel T20. O modelo oferece velocidade máxima de até 45 km/h, autonomia de até 160 quilômetros e pesa 32 kg. Ela está sendo vendida com preços a partir de R$ 11.691,00, à vista.

“É uma bicicleta completa, ideal para o público que busca tecnologia de última geração e deseja uma mobilidade ecologicamente correta e sem congestionamentos”, explica Márcio Canzian, CEO da Eletricz.

O modelo oferece grande conforto na condução, seja na cidade ou em percursos off-roads, com seus pneus com 20 polegadas e 4 centímetros de largura, cravejados, que garantem grande aderência, sobretudo em terrenos acidentados. Seu quadro foi construído com liga de alumínio e foi pensado para ser resistente e, ao mesmo tempo, leve. Dentro desse quadro está instalada a bateria, num compartimento que pode ser trancado pelo usuário.

Esta bateria pode ser removida e carregada dentro de casa em uma tomada comum. Há duas opções de baterias: 48 V e 10Ah, na versão de entrada, e 48V e 20Ah, na versão Plus. Com isso, sua autonomia pode chegar até a 80 ou 160 quilômetros, respectivamente, no modo assistido. Essas baterias levam, em média, cerca de 4h30 pra serem completamente recarregadas.

A T20 vem com um painel de instrumentos em LCD que traz todas as informações importantes de navegação, como odômetro total e parcial, nível da bateria e velocidade – que pode ser ajustada para três níveis: “eco”, “intermediário” e “high speed”. Nesta última configuração, o modelo é capaz de atingir até 45 km/h de velocidade máxima com total segurança, graças ao seu motor de 500 W e o baixo peso.

É equipada com câmbio Shimano de sete marchas, full suspension e porta-objetos. Disponível exclusivamente na cor cinza, a bicicleta tem freios a disco na dianteira e na traseira e é capaz de transportar até 120 kg de peso.

RECORDE DE VENDAS

2021 é o ano que mais vendeu bicicletas elétricas no mercado brasileiro. Segundo dados da Aliança Bike (Associação Brasileira do Setor de Bicicletas), os negócios desse setor devem fechar o ano com alta de 34% em relação ao ano passado, atingindo um volume total de 43 mil bicicletas elétricas comercializadas. No total, já são cerca de 70 milhões de bicicletas elétricas e convencionais rodando atualmente pelo País, segundo a Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares).

Fonte: Eletricz

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários