Especial Dia dos Pais -Mobilidade elétrica

A hora é de mobilidade sustentável. Bicicletas,motos e carros elétricos já estão no cotidiano de muita gente, e o Dia dos Pais pode aumentar as vendas desses produtos.

Clique aqui para escutar a notícia

Veículos alternativos, como bicicletas e motos elétricas, surgem como meios de transporte que visam beneficiar o usuário em autonomia, economia e sustentabilidade, além de serem opções também para o lazer. Os carros elétricos, por sua vez, são tendência, pois a mudança de comportamento demanda alternativas menos prejudiciais ao meio ambiente.

por Dilnara Titara

Após a pandemia, o modo de se locomover pelos centros urbanos mudou. Houve uma crescente mudança de hábitos. No Brasil, a perspectiva é de um aumento, em média, de 30% ao ano na procura por bicicletas elétricas nesta década. Elas atendem às diversas faixas etárias e se encaixam na rotina de trajetos diários.

“Acreditamos muito nesse mercado”, diz Eduardo Rocha, CMO da Caloi. O segmento representa 2% da indústria nacional de bikes. “E o potencial de crescimento é de mais de 30% por ano. O contexto das altas de preços dos combustíveis tem trazido à tona uma nova pauta sobre mobilidade urbana. O ciclista está optando por produtos mais sustentáveis, saudáveis, funcionais e com autonomia suficiente para ir ao trabalho e voltar ou mesmo no lazer.”

Há um novo estilo de vida, mais saudável, que é de alternativas para os que buscam diversão e meio de locomoção em um só produto, diz Thomas Edson, diretor de supply chain da Shineray do Brasil. “A procura por soluções elétricas de duas rodas vem crescendo porque o consumidor busca cada vez mais a mobilidade sustentável. É uma mudança de comportamento relacionada a valores da sociedade.”

Mudança de comportamento

A busca de melhor qualidade de vida e a preocupação com a sustentabilidade trouxeram um novo modo de pensar a muitos brasileiros, comenta Rodrigo Gomes, diretor comercial de mobilidade elétrica da Atrio. “Acreditamos que os veículos elétricos se tornaram tendência no mundo inteiro. Cada vez mais, cresce a busca por produtos que não impactem o meio ambiente, bem como por alternativas inteligentes de mobilidade.”

Apesar de as bicicletas elétricas ainda serem equipamentos caros para a maioria da população brasileira, o mercado só cresce. “Acreditamos que esse tipo de veículo é uma tendência por todas as vantagens que oferece. Com o crescimento apresentado nos últimos tempos, tem tudo para trilhar o mesmo rumo que o mercado automotivo de elétricos vive”, diz Edson Ogata, gerente de marketing da MYMax.

É um mercado em plena expansão. Os modelos sustentáveis têm sido cada vez mais procurados, diz Diego Coelho, gerente de produto da Goldentec. “Com as ciclovias, o transporte ficou mais seguro nas grandes cidades. Somando-se a isso a diferença de valores entre os combustíveis e a energia necessária para a recarga, as bicicletas elétricas se tornam um meio de transporte limpo, seguro e barato.”

Mobilidade elétrica em alta

O crescimento do mercado de bicicletas, nos últimos meses, já ultrapassa os 50% e deverá aumentar ainda mais, principalmente pela constante elevação dos preços do combustível, destaca João Paulo Argeri, gerente comercial da Track&Bikes. “Temos boas expectativas de vendas para todo o calendário anual, e o Dia dos Pais será uma das datas para se pensar na mudança de hábito que estamos vivendo.”

As bikes elétricas vieram para ficar, afirma Márcio Canzian, CEO e fundador da Eletricz. “Ainda que faltem incentivos e a carga tributária seja muito alta, o mercado das bicicletas elétricas cresce a uma taxa de 30% ao ano por trazer outros benefícios, como chegar ao destino sem estar exausto.”

O mercado de elétricos é bem amplo e cheio de possibilidades. Tem crescido conforme a preocupação por soluções mais sustentáveis e que emitam menos CO2. Com isso, temos um cenário de aumento constante de vendas, e datas comemorativas como o Dia dos Pais tendem a movimentar o mercado, conta José Ricardo, gerente-geral comercial da Toyota no Brasil. “Nossa expectativa de vendas para este ano no mercado brasileiro é superar os 190 mil carros elétricos.”

A onda de veículos elétricos vem crescendo desde 2018, comenta Raphael Quevedo, gerente de produtos da Super Soco. “Ainda é um produto novo para a grande maioria das pessoas. Porém as políticas de incentivo e a alta dos combustíveis favorecem a procura do público que está conhecendo as vantagens desses produtos.”

Virou tendência

Quando se pensa em eletrificação, a correlação direta é com um veículo altamente tecnológico, sustentável e com performance diferenciada, destaca Thiago Marques, responsável de produto da Jaguar. “A eletrificação é um caminho sem volta, os números mostram o quanto o mercado está evoluindo. Podemos dizer que a tendência é de um crescimento sólido no segmento em 2022, que poderá ultrapassar 70 mil unidades vendidas no País.”

O Brasil, atualmente, possui uma frota circulante de mais de 80 mil unidades, abrangendo todas as classes de eletrificação, sejam eles veículos híbridos ou elétricos. O mercado está evoluindo para projetos cada vez mais tecnológicos e sustentáveis. Neste ano, segundo informações da Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE), o primeiro trimestre já registrou um crescimento maior que 115%, comparado com o mesmo período de 2021.

Difundir a eletrificação não é só evoluir no setor automotivo, mas também evoluir como seres humanos e com o planeta, diz Felipe Yagi, gerente de marketing e comunicação do Latin America Hub para Volvo Cars. “Temos certeza de que esse mercado vai crescer cada vez mais. Já vendemos mais veículos elétricos nos três primeiros meses de 2022 do que em todo o ano de 2021, e nossa expectativa é vender cerca de 3.500 unidades ainda em 2022.”

Para os pais que estão buscando uma alternativa sustentável e econômica para a mobilidade urbana, seguem algumas opções disponíveis no mercado brasileiro, incluindo bicicletas, motos e carros elétricos e híbridos.

ATRIO

Rodrigo Gomes,
diretor comercial de mobilidade elétrica

“Acreditamos que os veículos elétricos se tornaram tendência no mundo inteiro.”

A bike elétrica Dakar, estilo MTB, tem design premium com bateria integrada no quadro. Motor de 500 W de potência com câmbio Shimano de oito velocidades e autonomia de até 100 km. Tem estrutura de alumínio. É possível acompanhar as informações da bicicleta e do pedal em seu ciclo computador, localizado no guidão, que também controla a iluminação integrada e os níveis de assistência do motor. Possui selim sport, iluminação frontal, pedal assistido ultrassensível, freio a disco, aro 29” e suspensão dianteira. A bateria removível vem com chave.

A bike elétrica Chicago é dobrável. É fácil de ajustar a altura do guidão e do banco. Possui pedal dobrável, iluminação LED e marcha única. A bateria removível vem com chave. Tem autonomia de até 90 km, cinco níveis de potência com display integrado no guidão, em que é possível acompanhar as informações da bicicleta e do pedal, controlar a iluminação integrada e os níveis de assistência do motor. A garantia dos dois modelos é de um ano e de três meses para acessórios, como carregador e cabos.

Bike elétrica Dakar
Preço sugerido em 25/04/2022: cerca de R$ 11.000,00
bike elétrica Chicago
Preço sugerido em 25/04/2022: cerca de R$ 6.000,00.

CALOI

Eduardo Rocha,
CMO da Caloi

“O segmento representa 2% da indústria nacional de bikes, e o potencial de crescimento é de mais de 30% ao ano.

O mais recente lançamento, a Mobylette elétrica, tem tubo rebaixado para facilitar a subida na bike. Possui motor de cubo de 350 W de potência e bateria com autonomia de até 30 km. Os pneus de quatro polegadas proporcionam maior estabilidade, absorvem o impacto e oferecem conforto e rendimento. Tem freios a disco, com sensor de acionamento que desliga o motor durante a frenagem. Permite frenagens mais rápidas e suaves.

Uma opção mais esportiva é a E-Vibe Elite FS, uma mountain bike Full Suspension com sistema elétrico Steps da Shimano, uma bicicleta voltada para trilhas e montanhas. O modelo tem potência de 250 W e torque de 60 Nm, alcança velocidade máxima de 25 km por hora e pesa 2,880 kg. Possui bateria integrada Shimano BT-8035, capacidade de 504 Wh e drive unit Shimano DU-E6100. Conta com IPX5 de alta resistência à água. Sua autonomia alcança até 185 km.

Mobylette
Preço sugerido em 13/04/2022: R$ 9.199,99
E-Vibe Elite FS
Preço sugerido em 13/04/2022: R$ 32.999,99.

ELETRICZ

Márcio Canzian,
CEO e fundador

“Ainda que faltem incentivos e que a carga tributária seja muito alta, o mercado de bicicletas elétricas cresce a uma taxa de 30% ao ano.”

A bicicleta elétrica EZ-18 tem potência de até 350 W, atinge velocidade máxima de 35 km/h e sua autonomia pode chegar a 40 km. A bateria de lítio de 48 V 10 Ah é removível e tem chave. Basta retirar o case e colocar para recarregar em tomada comum. A recarga completa leva cinco horas. A bicicleta tem porta-celular, display LCD, cesta, retrovisor, partida e alarme.

Bicicleta elétrica EZ-18
Preço sugerido em 11/04/2022: R$ 6.291,00.

Possui suspensão traseira e dianteira, aro 10’’, garupa com encosto e apoio de pé. Conta também com luz e seta, e painel digital colorido com todas as informações de navegação. A aceleração pode ser acionada 100% pela manopla ou com auxílio dos pedais. Os freios traseiros e dianteiros são do tipo tambor e acionam o break light traseiro para garantir a visibilidade do condutor. Seu peso total é de 36 kg


GOLDENTEC

Diego Coelho,
gerente de produto da Goldentec

“Os modelos sustentáveis têm sido cada vez mais procurados.”

O principal modelo de bicicleta elétrica da marca é a GT Mob. É dobrável, compacta e portátil, o que facilita o transporte. Tem bateria removível de longa duração, recarregável, mais leve e sustentável. Conta com autonomia de até 30 km com uma carga, com consumo monitorado por painel LED. Com punho acelerador e motor de 350 W, consegue alcançar até 25 km/h.

GT Mob
Preço sugerido em 11/04/2022: R$ 4.499,99

Dispõe de piloto automático, pneumático aro 14’’ e freio a disco nas duas rodas, com uma frenagem mais segura e rápida. Desenvolvida em liga de alumínio resistente, pesa 16 kg e suporta até 120 kg. Acompanham luzes de segurança: luz de freio traseiro e farol de LED frontal controlado por botão. Atinge carga total em três ou quatro horas.



MYMAX

Edson Ogata,
gerente de marketing

“Esse tipo de veículo é uma tendência por todas as vantagens que oferece.”

Com previsão de lançamento para o Dia dos Pais, o modelo E-Bike MyWay 4.0 será disponibilizado nas cores preta e vermelha. Assim como todas as outras da linha MyWay, a versão 4.0 é uma bicicleta elétrica versátil e funcional, com autonomia de até 50 km e velocidade que pode atingir os 25 km/h. É um equipamento leve e resistente, com quadro de alumínio.

E-Bike MyWay 4.0
Preço sugerido em 12/04/2022: R$ 3.999,00.

O peso máximo suportado pela bicicleta elétrica é de 120 kg. Para recarregar a bateria de 36 V 7,5 Ah, são necessárias de três a cinco horas. Tem 250 W de potência no motor e freio a disco dianteiro e traseiro para maior segurança. Tem pneu de borracha pneumático de 16’’ e pedal dobrável.




TRACK & BIKES

João Paulo Argeri,
gerente comercial da Track&Bikes

“Temos boas expectativas de vendas para todo o calendário anual.”

A bicicleta TKE 29 aro 29, disponível na cor preta, possui suspensão dianteira e rodas parede dupla aero. Tem quadro de alumínio no tamanho 19,5”, suportando até 110 kg. Possui guidão, canote do selim e pedivela também de alumínio e suspensão dianteira. Tem 21 marchas Shimano, sistema de alavanca Rapid fire, aros aero no tamanho 29 e manoplas plásticas. Conta com assento com forquete ajustável, corrente de transmissão indexado, suspensão dianteira e sistema de freios a disco mecânico.

Outra bicicleta, a TKE 26 aro 26, na cor branca, tem suspensão dianteira e rodas parede dupla aero. Sua estrutura é reforçada com quadro de aço, no tamanho 18”, suportando até 110 kg. Possui para-lamas, painel dianteiro com indicador de consumo de bateria, guidão de aço, selim com duas molas, módulo elétrico blindado com proteção antichuva e suspensão dianteira. Tem seis velocidades, aros parede dupla aero no tamanho 26 e manoplas plásticas. Suspensão dianteira e sistema de freios Vbrake.

Bicicleta elétrica TK3 Track TKE 26 Mountain Bike aro 26
Preço sugerido em 11/04/2022: R$ 7.500,00.
Bicicleta elétrica TRACK TKE 29 MTB aro 29
Preço sugerido em 11/04/2022: R$ 6.500,00.



SHINERAY DO BRASIL

Thomas Edson,
diretor de Supply Chain da Shineray do Brasil

“É uma mudança de comportamento relacionada a valores da sociedade.”

A motorização da moto elétrica SHE S é um dos diferenciais, contribuindo para boa performance, agilidade e zero emissão de gás carbônico. O motor elétrico de 3.000 W de potência possibilita velocidade máxima de 90 km/h. A bateria de lítio de 72 V 35 Ah é removível, permite 2,5 mil ciclos, equivalente a seis ou sete anos, e o tempo de recarga é de três horas em tomada comum. O modelo permite, também, a instalação de uma bateria extra, atingindo autonomia de 150 km.

O segundo modelo, SE-Bike, é uma bicicleta elétrica disponível nas cores preta, branca e cinza, que combina design arrojado com alto desempenho e tecnologia da propulsão elétrica. O motor entrega 500 W de potência máxima e alcança velocidade máxima de 40 km/h com autonomia de 45 km. Tem bateria de lítio de 40 V 12 Ah, e são necessárias de seis a sete horas para carregar 100%. A bicicleta suporta até 150 kg.

SHE S
Preço sugerido em 12/04/2022: a partir de R$ 18.990,00
SE-Bike
Preço sugerido em 12/04/2022: R$ 8.990,00.


SUPER SOCO

“A onda de veículos elétricos vem crescendo desde 2018.”

Carro-chefe da marca, Super Soco TC é uma moto elétrica com design clássico. Disponível em quatro cores, tem bateria de íons-lítio removível e recarregável que permite percorrer 60 km no modo sport e até 100 km no modo econômico. É possível colocar uma bateria extra e dobrar a autonomia. O motor Bosch tem alto desempenho na roda traseira com torque de até 150 Nm, 550 rpm, 92% de eficiência energética, aceleração até 3.000 W e inclinação de até 17%. Possui sistema de freio CBS combinado, disco de freio dianteiro de 240 mm e traseiro de 180 mm.

A Super Soco CPX Scooter é um modelo elétrico equivalente a 125 cc. Silenciosa, tem potência máxima de 4.900 W, autonomia de até 140 km e tempo de recarga, com carregador rápido, de três a cinco horas. Possui banco em esponja mousse e quadro de liga de alumínio e aço. Atinge velocidade máxima de 90 km/h e tem suspensão dianteira forquilha hidráulica e suspensão traseira mono amortecedor. Com o app da marca, é possível conectar com o celular e obter informações do estado da bateria e localização da scooter.

Super Soco TC
Preço sugerido em 12/04/2022: R$ 27.490,00.
Super Soco CPX Scooter
Preço sugerido em 12/04/2022: R$ 39.990,00.

JAGUAR

Thiago Marques,
responsável de produto Jaguar e eletrificação

“A tendência traz muita tecnologia embarcada e um direcionamento muito claro em relação à sustentabilidade.”

Pioneira em lançar veículo 100% elétrico de luxo no País, a marca destaca o SUV I-PACE. É o único modelo a conquistar as três categorias do World Car Awards, de Carro do Ano, Design do Ano e World Green Car (carro sustentável do ano). O carro tem versatilidade e autonomia que chega a 470 km no Ciclo WLTP. Certificação de Energia Limpa que garante a utilização de energia de fontes renováveis, 100% limpa, em parceria com a ZEG.

Possui direção semiautomática (ACC), teto de vidro panorâmico com controle de luz e calor, sistema de som meridian, combinações diversas internas (assentos e revestimentos) e a tecnologia de conectividade Incontrol Telematics: o condutor possui toda a gestão do veículo via smartphone. O modelo também conta com blindagem certificada. É o único SUV 100% elétrico com certificação de blindagem total.

Versão Black Edition
Preço sugerido em 12/04/2022: R$ 628.950,00.
Versão SE
Preço sugerido em 12/04/2022: R$ 678.950,00.

TOYOTA

José Ricardo,
gerente-geral comercial da Toyota no Brasil

“Nossa expectativa de vendas para este ano, no mercado brasileiro, é superar as 190 mil unidades.”

O destaque é para os modelos com a tecnologia híbrida flex, que possibilita a utilização do etanol como combustível, por combinar motor a combustão com outros dois elétricos, não sendo necessário carregá-los. O Corolla Sedã Hybrid, produzido no Brasil, tem sistema de pré-colisão frontal, sistema de assistência de permanência na faixa, faróis altos automáticos e controle de cruzeiro adaptativo. Oferece carregador de celular por indução e sensores de estacionamento dianteiro e traseiro.

Já o Corolla Cross Hybrid é um SUV que combina um motor 1.8L VVT-i 16 V de ciclo Atkinson flex, com 101 cv de potência a 5.200 giros quando abastecido com etanol, e 98 cv também a 5.200 rpm, quando abastecido com gasolina, e 14,5 kgfm de torque a 3.600 rpm (abastecido com etanol ou gasolina). Esse motor funciona em conjunto com dois motores elétricos (MG1 e MG2) de 72 cv de potência e 16,6 kgfm de torque. A transmissão do SUV é a Direct Shift de 10 marchas. A bateria híbrida é de níquel-hidreto metálico. O veículo possui sistema de freios regenerativos, que acumula energia cinética gerada pelas frenagens e a transforma em energia elétrica.

Corolla Cross Hybrid
Preço sugerido em 14/04/2022: a partir de R$ 192.380,00.
Corolla Sedan Hybrid
Preço sugerido em 14/04/2022: a partir de R$ 174.070,00.

VOLVO

Felipe Yagi,
gerente de marketing e comunicação do Latin America Hub para Volvo Cars

“Temos certeza de que esse mercado vai crescer cada vez mais. Vendemos mais veículos elétricos nos três primeiros meses de 2022 do que em todo o ano de 2021.”

Além dos híbridos plug-in, o destaque vai para os 100% elétricos, XC40 Recharge e C40 Recharge. Ambos os veículos contam com motores elétricos capazes de gerar 408 hp e 660 Nm de torque em uma condução sem emissão de poluentes e sem ruídos. O XC 40 tem bateria de 78 kWh, alcance de mais de 400 km com uma carga e sistema de carregamento rápido. Possui o One Pedal Drive, recurso para tornar a aceleração e frenagem através de um único pedal. Tem Google Assistente integrado via comando de voz para controlar temperatura, trocar música e podcasts, enviar mensagem e definir destino.

O modelo C40 tem teto panorâmico com tecnologia de revestimento IR, que minimiza até 95% de entrada de luz, oferece proteção UV até 99,5% e bloqueia cerca de 80% da radiação de calor do sol. Bateria de 78 kWh, alcance de 440 km e carregamento rápido, atingindo 80% de sua capacidade em 40 minutos. Tem alto-falantes Premium da Harman Kardon e porta-malas traseiro de 413 litros. Conta também com o recurso One Pedal Drive e Google Assistente integrado. A empresa também investe na eletrificação e já instalou mais de 1.000 pontos de recarga em todo o país.

XC40 Recharge Pure Electric
Preço sugerido em 08/04/2022: R$ 399.950,00
C40 Recharge
Preço sugerido em 08/04/2022: R$ 419.950,00.

Fonte: Revista Eletrolar News #148

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários