FOGÕES DE PISO E EMBUTIR – Vendas sobem 33%

A recuperação das vendas entre abril e julho levou a categoria a fechar o primeiro semestre com 16% de crescimento ante o mesmo período de 2019.

FOGÕES DE PISO E EMBUTIR –  Vendas sobem 33%

Divulgação

A categoria, que vinha com bom desempenho, cresceu 15% em vendas de 30 de dezembro de 2019 a 22 de março de 2020 e caiu 43% na fase do pânico, assim chamada pela GfK (com a chegada do novo coronavírus). A recuperação, porém, não demorou. De 20 de abril a 13 de julho último, as vendas subiram 33% em relação ao mesmo período do ano passado, conforme dados da empresa de pesquisas. No balanço do primeiro semestre, cresceu 16% ante os seis primeiros meses de 2019.

Diante do cenário, a demanda por fogões seguirá aquecida até o fim do ano, diz Clóvis Simões, diretor comercial da Atlas Eletrodomésticos. “A pandemia resgatou a importância de preparar os alimentos em casa. Com isso, está em alta a renovação dos utensílios domésticos. Sentimos um aquecimento devido ao amadurecimento das novas formas de trabalho que se estabeleceram no País, como o home office. Acreditamos que será possível atingir os objetivos do ano, mesmo com o curto tempo para a recuperação da economia.”

Na categoria de fogões, o brasileiro valoriza o design e a funcionalidade dos produtos.

A Mueller também constatou forte aumento de vendas nos meses de maio e junho, principalmente no canal online, conta Henrique Fonseca, diretor de vendas e marketing da unidade de fogões da empresa. “Entendemos que, devido ao cenário atual, o comportamento do consumidor mudou. Ele também está fazendo mais compras nos canais digitais. Acreditamos que elas continuarão em crescimento.”

Com a repentina mudança na rotina, surgiram novos hábitos de consumo, diz Marcelo Pinto, diretor-superintendente e CEO da Esmaltec. “A tendência é a procura maior por produtos da linha branca, principalmente fogões. Por isso, fazemos produtos com design moderno, qualidade e baixo consumo de energia.” De março até o início de junho, a empresa suspendeu as atividades de seu parque industrial em Maracanaú (CE), atendendo ao decreto do Estado por conta do novo coronavírus, mas as vendas se mantiveram dentro da expectativa.

39% cozinham mais

Atualmente, 39% das pessoas cozinham mais, e isso tem reflexos na categoria. É o que mostra a pesquisa que a Electrolux realizou com a MindMiner. “A busca por fogões aumentou 52% até maio de 2020, conforme dados do Google Trends. Por isso, é necessário estar sempre em evolução e reinventar experiências através de nossos produtos”, comenta Ricardo Gadioli, local category manager da Electrolux.

O canal online foi a saída após o fechamento das lojas físicas, conta Anamaria Avelar, diretora comercial da Suggar. “Tivemos incremento de vendas na nossa loja virtual e no marketplace, em abril. Em maio, com a abertura gradual do comércio, houve boa recuperação das vendas e, em junho, fomos surpreendidos pela forte demanda. Confinadas, as pessoas passaram a prestar atenção às suas necessidades e a valorizar mais o lar, adquirindo bens de consumo duráveis que não tinham ou antecipando a troca de alguns.”

É fato que novos hábitos colaboram com a categoria. “Passamos mais tempo em casa, cozinhamos mais e olhamos com maior atenção os nossos equipamentos. Acompanhamos o ritmo acelerado da transformação digital, tanto da indústria como do varejo, e o momento é propício para fortalecer e profissionalizar ainda mais este canal que, claramente, vem ganhando relevância em termos de volume de negócios no Brasil”, diz Karin P. Fischer, diretora comercial e de marketing da Fischer.

Os tempos de confinamento levaram o consumidor para a cozinha, consequentemente aumentou a demanda, afirma Felipe Camargo, diretor de marketing e estratégia da Whirlpool. “O preparo de alimentos em casa, se já não era, tornou-se um momento de prazer e exploração, uma nova forma de entretenimento. O mercado está em evolução, vemos crescimento na busca por tecnologias que potencializam a experiência gastronômica ou trazem maior praticidade no dia a dia da cozinha.” O que é novo, o leitor acompanha a seguir.

ATLAS ELETRODOMÉSTICOS

Clóvis Simões, diretor comercial

Atua no mercado com duas marcas, Atlas e Dako, que contam com mais de 50 modelos de fogões de piso e 10 de embutir. “A Atlas comemora 70 anos com inovação tecnológica ao longo dessas décadas, e a Dako completou 84 anos”, diz Clóvis. Para este semestre, aposta em produtos como seus dois fogões de piso, fornos elétricos e cooktops, novidades que serão anunciadas em breve.

Um de seus destaques é o fogão Atlas Mônaco Top Glass 5B, com mesa de vidro temperado, acendimento automático, trempes individuais, cinco queimadores, sendo dois de 1,7 kW, dois de 2 kW e um megachama de 3 kW. O forno tem 86,5 litros de capacidade, porta com amplo visor e vidro duplo, grade deslizante com duas regulagens de altura e puxador tubular.

Outro fogão, o Dako Supreme Timer Glass 5B possui mesa de vidro temperado, cinco queimadores potentes e econômicos, selados com tecnologia italiana, sendo dois de 1,7 kW, dois de 2kW e um tripla chama de 3,3 kW. Vem com trempes de ferro fundido, timer digital com alarme sonoro, forno com 100 litros de capacidade, acendimento automático total e porta do forno com vidro duplo.

Atlas Mônaco Top Glass 5B

Dako Supreme Timer Glass 5B


Os preços sugeridos em 21/07/2020 variam de R$ 419,00 até R$ 3.199,00, dependendo da cor e do número de queimadores.

ELECTROLUX 

Ricardo Gadioli, local category manager

Tem um portfólio com 60 fogões, sendo sete de embutir e 53 de piso. “A marca Continental, que acabamos de relançar no mercado, possui 10 modelos de fogões de piso, a maioria de quatro bocas”, informa Ricardo.

Seu destaque é o lançamento do fogão de piso 5Q (76SPV), com mesa de vidro temperado, na cor preta, e acendimento automático. Tem design moderno com acabamento superior, poucos recortes, um queimador tripla chama, um rápido e três semirrápidos, trempes individuais de aço fosco e porta do forno Full Glass.

Da marca Continental, o fogão de piso com 5Q (FC5CS) tem mesa de vidro temperado e acendimento automático. Com design moderno, possui frontal black, tampa em vidro, forno com 91 litros de capacidade e grades duplas com mesa compartimentada para impedir que os líquidos derramados se espalhem em sua superfície. Vem com um queimador tripla chama, dois semirrápidos e dois rápidos.

Fogão de piso Electrolux 76SPV
Preço sugerido em 22/07/2020: R$ 1.899,00.
Fogão de piso Continental FC5CS – Preço sugerido em 22/07/2020: R$ 1.699,00.

ESMALTEC

Marcelo Pinto, diretor

Para este semestre, a Esmaltec prevê a ampliação da linha Glass, fogões com mesa de vidro temperado. “Dentro dessa perspectiva, vamos lançar os modelos Caribe Glass, Esmeralda Glass e Esmeralda Glass Gourmet, todos em versões de 4Q e 5Q. O primeiro terá versões em preto e branco, e os demais em preto e inox”, adianta Marcelo.

A empresa destaca o fogão de piso Safira Glass, com mesa de vidro temperado. Possui cinco queimadores, sendo um tripla chama, forno autolimpante, acendimento automático, trempes de ferro fundido e individuais, puxador de alumínio escovado, alça lateral para facilitar o transporte e pés altos. Modelos nas cores preta, branca e inox.

Já o fogão de embutir Esmeralda Max traz timer sonoro que avisa quando a receita está pronta e sensor que informa quando o forno atinge a temperatura desejada. Tem forno autolimpante, acendimento automático, grill elétrico e puxador em alumínio. Modelos nas cores preta, branca e inox, com quatro ou cinco queimadores, estes com tripla chama.

Esmeralda Max
Safira Glass


Os preços sugeridos em 17/07/2020 variam de R$ 1.049,00 a R$ 1.769,00, dependendo da cor e do número de queimadores.

FISCHER

Karin P. Fischer, diretora comercial e de marketing

Fogões de piso são fundamentais para uma cozinha funcional e prática. Os maiores números em vendas estão concentrados nesses modelos, conta Karin. “Unimos nossa expertise em forno e fogão para desenvolver um produto único, que é o Gran Cheff.”

A marca tem três modelos disponíveis: Gran Cheff 4Q, 5Q e 5Q TC. Destaque para o Gran Cheff 5Q TC, que tem cinco queimadores com tecnologia italiana de alta performance, tripla chama com 3.750 W de potência, trempes de ferro fundido e forno com 110 litros de capacidade, um dos maiores da categoria. Possui porta de vidro duplo, duas grades cromadas e ajustáveis, dourador no forno e acabamento em aço inox. 

O Gran Cheff 4Q, também com queimadores com tecnologia italiana, tem mesa de vidro temperado e trempes esmaltadas. O forno tem capacidade de 74 litros, porta com vidro duplo, duas grades cromadas ajustáveis, deslizantes e removíveis, e luz interna.

Gran Cheff 5Q TC
Gran Cheff 4Q

Os preços sugeridos em 23/07/2020 variam de R$ 1.299,00 a R$ 1.899,00, dependendo da cor e do número de queimadores.

MUELLER

Henrique Fonseca, diretor de vendas e marketing da unidade de fogões

Seu portfólio de fogões de piso tem 36 modelos, com opções de mesa de vidro ou inox, nas cores branca, grafite, preta e inox, e com quatro, cinco e seis queimadores. “Fizemos recentemente a releitura de nossa principal linha de fogões de piso, Piacere Vetro e Piacere, com novidades que estão gerando ótimos resultados. Em julho lançamos a linha de embutir, com fogões de indução, coifas, micro-ondas e fornos elétricos”, comenta Henrique.

Destaque para o fogão Piacere Vetro, preto fosco com cinco queimadores e grades de ferro fundido. O diferencial está no formato das grades, com seis pontas e encaixe exclusivo para dar mais estabilidade mesmo às panelas bem pequenas.

Aos poucos, o mercado vai se estabilizando e os eletrodomésticos ganham destaque na nova rotina, diz o diretor. “A cozinha, que já era o espaço central da casa para compartilhar bons momentos com a família e os amigos ganha referência ainda mais especial neste período. Há um olhar mais atento para o lar”.

Piacere Vetro – Preço sugerido em 14/07/2020: R$ 1.309,00.  

SUGGAR

Anamaria Avelar, diretora comercial

Possui fogões de piso em seu portfólio. “Os mais recentes lançamentos contam com mesa de vidro, pois entendemos ser esta a tendência de mercado e o desejo absoluto do consumidor, que valoriza o design e a funcionalidade do produto”, diz Anamaria.

O fogão Best Cook 5Q, com mesa de vidro temperado, tem design moderno, trempes individuais de ferro fundido, acendimento automático total e queimador tripla chama. O forno tem 90 litros de capacidade, porta com vidro duplo, dobradiças italianas, uma grade fixa e uma deslizante com três níveis de ajuste, forno com válvula de segurança, puxador em alumínio escovado e pés elevados.

O modelo Cook 5Q, também com mesa de vidro temperado, possui trempes individuais de aço esmaltado e acendimento automático. O forno de 90 litros tem proteção térmica com vidro duplo, controle de temperatura de 180 oC a 280 oC e grade fixa com três níveis de ajuste. O produto, apresentado na cor branca, é bivolt.

Cook 5Q
Best Cook 5Q

WHIRLPOOL

Felipe Camargo, diretor de marketing e estratégia

Detentora das marcas Brastemp e Consul, a Whirlpool vê o mercado em evolução. “O cenário atual refletiu-se em uma orientação mais racional para o momento da compra, fazendo com que as pessoas procurem produtos com melhor custo-benefício. Também vemos crescimento na busca por tecnologias que potencializam a experiência gastronômica ou trazem maior praticidade no dia a dia da cozinha”, explica Felipe.

O fogão Brastemp 5 bocas inox com convecção e Meat COntrol (BFS5VCE) tem timer super automático, trempes individuais de ferro fundido, forno duplo touch, funções descongelar, grill e pré-aquecimento rápido. as quatro chamas da Turbo Chama Advanced proporcionam máxima potência, destaca a marca.

O fogão Consul 5 bocas mesa de vidro (CFS5VAR) tem moderno design, frente única com menos recortes, mesa de vidro temperado e grades de ferro fundido para maior estabilidade das panelas. O forno conta com a tecnologia Cleartec e vidro interno vedado, evitando o acúmulo de gordura, o que facilita a limpeza. Possui timer digital.

Brastemp 5 bocas (BFS5VCE)
Preço sugerido em 20/07/2020: R$ 4.939,00.
Consul 5 bocas CFS5VAR
Preço sugerido em 20/07/2020: R$ 1.979,00.

Por Neusa Japiassu
Fonte: Revista Eletrolar News 137

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários