Multilaser vai estrear na B3 valendo R$ 9 bilhões

Companhia definiu o preço a R$ 11,10 por ação.

A Multilaser chegará à Bolsa brasileira como uma fabricante de eletrônicos diversificada e com valor de mercado de R$ 9 bilhões. Depois de adiar a estreia na B3 na semana passada, por causa da volatilidade do mercado, a empresa conseguiu captar R$ 1,9 bilhão em sua oferta inicial de ações (IPO, pela sigla em inglês). A demanda entre investidores foi bastante elevada, apesar das preocupações relativas à variante Delta da covid-19 na economia.

Na B3, a empresa vista como o ativo mais comparável à Multilaser é a Intelbrás, que abriu seu capital neste ano e é focada na produção de equipamentos de segurança, comunicação e energia. Desde a estreia, a ação praticamente dobrou de valor.

No caso da oferta da Multilaser, o objetivo é usar o dinheiro para financiar a expansão do negócio – o que pode incluir aquisições –, além de reduzir dívidas, conforme informações que constam no prospecto da operação. O papel começará a ser negociado nesta quinta-feira (22). A companhia definiu o preço a R$ 11,10 por ação.

A Multilaser tem um portfólio muito diversificado. Hoje são 5 mil produtos disponíveis, para todos os bolsos, de pen-drives a tablets. Recentemente, fechou uma parceria com o grupo chinês Hisense para fabricar TVs da marca Toshiba. Em 2020, o faturamento da companhia foi de cerca de R$ 3 bilhões, com crescimento de aproximadamente 27% no ano.

A casa de análise Suno, em relatório enviado a clientes, frisou que o modelo de negócio da Multilaser chama a atenção, já que consiste no desenvolvimento, fabricação, distribuição e venda de diversos produtos em diferentes áreas, como tablets, notebooks, smartphones e outros acessórios. “A Multilaser é uma das empresas mais diversificadas de bens de consumo no Brasil. Ela apresenta receitas crescentes, margens elevadas e rentabilidade ótima.”

Foram coordenadores do IPO o Itaú BBA, a XP, o Bank Of America, o UBS-BB e o Safra.

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários