Vendas do varejo crescem na capital paulista em setembro

Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo registra movimentação do comércio 21,7% maior que o mesmo mês de 2020.

Com o avanço da vacinação e o funcionamento sem restrições do comércio em São Paulo, a recuperação das perdas do varejo está acelerada na capital. O Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) de setembro aponta que a movimentação no setor subiu 10,9% em relação a agosto. Se comparado o último mês com o mesmo período equivalente de 2020, o aumento foi ainda maior: 21,7%. O levantamento é feito com base nos dados da Boa Vista S/A.

Esse índice positivo das vendas deve contribuir para que já agora, em outubro ou novembro, a economia do varejo se recupere das perdas causadas pela pandemia. “Nossa expectativa era de crescimento para a economia do varejo apenas para 2022, mas o aumento da mobilidade urbana nesta época do ano deve antecipar esta previsão”, diz Marcel Solimeo, economista da ACSP.

Esse consumo está sendo provocado pela demanda reprimida da classe média, que já tinha poder de compra antes da pandemia e não perdeu tanto fôlego financeiro com o distanciamento social. “Muita gente estava esperando a queda dos índices de mortes e internações decorrentes da Covid-19 para voltar a comprar. Nos próximos meses, as vendas devem crescer ainda mais com a aproximação do Dia da Criança, da Black Friday e do Natal”, complementa.     

Fone:ACSP

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários