Vendas no varejo devem crescer 2% entre maio e julho

Projeção é do Ibevar.

 O varejo  deve crescer 0,93% em maio na comparação com as vendas de abril e 2% entre maio e julho, de acordo com projeção do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar). A estimativa cabe para o varejo restrito, que desconsidera veículos, autopeças e materiais de construção.

Para o varejo restrito, em geral, a tendência é de alta até o início do segundo semestre. Em junho, o Ibevar projeta alta de 0,77% nas vendas ante maio. Em julho, a expectativa é de crescimento de 0,34%.

Claudio Felisoni de Angelo, presidente do Ibevar, afirma que o varejo seguirá crescendo no segundo semestre. “Acreditamos em uma retomada gradual do varejo, a menos que algo muito inusitado aconteça. Com a vacinação avançando, mesmo que em ritmo menor que o desejado, a confiança do consumidor e do varejista será retomada”, afirma.

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários