Com três novos produtos, TP-Link amplia oferta de soluções para provedores

Novos modelos de roteadores e terminal de linha óptica (OLT) garantem mais eficiência e menores custos operacionais para o segmento de provedores de internet

Clique aqui para escutar a notícia

De acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o número de acessos de banda larga fixa cresceu 241% — de 16,6 milhões para 39,9 milhões— desde março de 2020, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou oficialmente a pandemia de Covid-19. Além disso, durante o período, foi registrado um pico no mês de setembro de 2021, quando foi atingida a marca de 40,2 milhões de acessos no país.

A TP-Link acaba de ampliar seu catálogo de produtos voltados para o mercado de provedores, trazendo novas soluções para o segmento, por meio dos roteadores TP-Link HX510 e HX220, além do terminal de linha óptica GPON DS-P7001-08. “Esse incremento na linha de dispositivos voltados para provedores está alinhado à proposta da empresa de oferecer ferramentas robustas e fáceis de usar, pensadas sob medida para que as operadoras possam não só atender seus clientes com mais eficiência, mas também melhorar significativamente seus lucros”, afirma Nelson Ito, Diretor de Negócios da empresa no Brasil. 

“Trouxemos ao mercado brasileiro produtos capazes de garantir agilidade, segurança e qualidade aos serviços de banda larga, ao mesmo tempo em que contribuem com a redução de custos operacionais dos provedores, em especial com a crescente demanda de mercado por soluções de gerenciamento remoto”, complementa o executivo.

TP-Link HX510 e HX220

Equipados com Wi-Fi 6 dual-band de última geração, os roteadores HX510 e HX220 garantem cobertura completa para toda casa, com sinal de internet em todos os cômodos e velocidades de até 3.000 Mbps (2.402 Mbps em 5GHz e 574 Mbps em 2,4 GHz) no HX510 e 1.800 Mbps (1.201 Mbps em 5 GHz e 574 Mbps em 2.4 GHz) no HX220. Além disso, graças à compatibilidade com a tecnologia EasyMesh, os dispositivos promovem a formação de uma rede unificada, quando combinados com outros dispositivos TP-Link EasyMesh, selecionando a conexão de melhor qualidade automaticamente, à medida que o usuário se desloca pelos diferentes ambientes da residência.

No quesito segurança, ambos os modelos contam com criptografia WPA3, Multi-SSID e ferramenta de controle de pais, que oferecem uma experiência on-line mais personalizada e protegida para o usuário e sua família. Outro destaque dos aparelhos é a facilidade de configuração, garantida pelo aplicativo dedicado TP-Link Aginet, que conta com uma interface amigável e intuitiva.

Segundo detalha Nelson Ito, “além de contarem com Portas Gigabit para planos acima de 100 mega, tanto o HX510 quanto o HX220 são capazes de criar uma rede Wi-Fi 6 unificada com outros modelos EasyMesh, podendo conectar até 128 dispositivos. Também vale mencionar que ambos os modelos oferecem gerenciamento remoto pelos protocolos TR-069, TR-098, TR-181, TR-111 e TR-143, permitindo que o provedor reduza custos com visitas técnicas, podendo realizar atualizações de firmware, configuração em massa e prestação de assistência sem a necessidade de deslocar uma equipe até a casa do assinante”.

TP-Link DS-P7001-08

Equipado com oito portas GPON (Gigabit Passive Optical Network), o DS-P7001-08 é um terminal de linha óptica (OLT) com suporte para até 1024 ONTs por dispositivo, com uma taxa de divisão, ou splitagem, de 1:128 para cada porta. O aparelho conta ainda com portas de uplink de alta velocidade, sendo duas portas 10GE SFP+ e uma porta de uplink gigabit. 

Com tamanho compacto e implementação flexível, o DS-P7001-08 ainda conta com fontes de alimentação duplas redundantes AC+DC hot-swap, que garantem confiabilidade constante para operadoras, além de funções L2 completas e L3 avançadas, capazes de atender às necessidades de inúmeros requisitos comerciais, como roteamento estático e IGMP Snooping, adequadas às exigências de diferentes aplicações.

Conforme aponta o Diretor de Negócios da TP-Link no Brasil, outro importante diferencial oferecido pelo DS-P7001-08 é o gerenciamento centralizado gratuito via DeltaStream PON Management System (DPMS): “Sem nenhuma despesa adicional, o provedor pode configurar e atualizar seus dispositivos de uma só vez com DPMS, SNMP, CLI e IU Web, garantindo maior eficiência no gerenciamento, além de redução dos custos de manutenção. E tudo isso com ajuda de um painel intuitivo, para uma configuração sem complicações”, finaliza.

Fonte: TP-Link

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários