Huawei divulga Relatório Anual e reporta crescimento de 19%

Empresa obteve ¥ 858,8 bilhões (US$ 121,1 bilhões) em receita global de vendas.

A Huawei divulgou o Relatório Anual de 2019, o qual apontou ¥ 858,8 bilhões (yuans, equivalente a US$ 121,1 bilhões) em receita global de vendas, que representa crescimento de 19,1% em relação à 2018. O lucro líquido da empresa atingiu ¥ 62,7 bilhões (US$ 8,8 bilhões) e o fluxo de caixa das atividades operacionais superou ¥ 91,4 bilhões (US$ 12,8 bilhões), representando aumento de 22,4%.

A Huawei investiu 15,3% de sua receita de 2019 – ou ¥ 113,7 bilhões (US$ 16 bilhões) – em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D). Seu gasto total em P&D na última década excede ¥ 600 bilhões (US$ 84,6 bilhões).

De acordo com Eric Xu, presidente rotativo da Huawei, o ano de 2019 foi extraordinário para a empresa. “Nosso crescimento teve foco na criação de valor para os clientes, de modo a consolidar o respeito e a confiança deles, bem como de nossos parceiros em todo o mundo. O desempenho comercial da Huawei permanece bastante sólido”, afirma.
 
Crescimento por unidade de negócio
 
1) Carrier Network Business Group (CNBG)
Em 2019, a receita de vendas da CNBG, voltada ao atendimento das operadoras de telecomunicações, foi de ¥ 296,7 bilhões (US$ 41,8 bilhões), que representa aumento de 3,8% sobre 2018.

A unidade liderou o processo de lançamento comercial de redes 5G. Para promover ainda mais a tecnologia, o destaque foi a criação de Centros de Inovação 5G juntamente com operadoras em todo o mundo. Além disso, as soluções de estação base RuralStar da Huawei estão sendo usadas em mais de 50 países e regiões, levando a internet móvel a mais de 40 milhões de pessoas que vivem em áreas remotas.
 
2) Enterprise Business Group (EBG)
Em 2019, a receita de vendas da EBG, voltada ao atendimento do mercado corporativo, foi de ¥ 89,7 bilhões (US$ 12,6 bilhões), que representa aumento de 8,6% sobre 2018.

Globalmente, mais de 700 cidades e 228 empresas da Fortune Global 500 são clientes da Huawei como parceira no processo de transformação digital. No ano passado, o destaque foi o lançamento da estratégia para computação, por meio do lançamento do Ascend 910 (processador com tecnologia de Inteligência Artificial mais rápido do mundo) e do cluster de treinamento de IA Atlas 900.
 
3) Consumer Business Group (CBG)
Em 2019, a receita de vendas da CBG, voltada ao setor de consumo, foi de ¥ 467,3 bilhões (US$ 65,9 bilhões), que representa aumento de 34% sobre 2018.

Os negócios voltados ao consumo da Huawei continuam apresentando um crescimento robusto, com um total de 240 milhões de smartphones produzidos ao longo do ano. A empresa relata progressos adicionais no desenvolvimento do ecossistema Seamless AI Life em todos os cenários e dispositivos, incluindo computadores pessoais, tablets, wearables e telas inteligentes.  

“Continuaremos aprimorando a competitividade de nossos produtos e serviços, promovendo a inovação. Essa é a melhor maneira de aproveitar as oportunidades da transformação digital das indústrias, de modo a manter um crescimento robusto a longo prazo”, destaca Eric Xu.

Todas as demonstrações financeiras do Relatório Anual de 2019 foram auditadas independentemente pela KPMG.

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários