Lucro da Samsung saltou 58% após encomendas de chips pela Huawei

A Samsung afirmou que o lucro operacional provavelmente atingiu US$ 10,6 bilhões nos três meses encerrados em setembro. O balanço completo da companhia deve ser divulgado no final deste mês.

A Samsung afirmou nesta quinta-feira (08/10), que seu lucro do terceiro trimestre provavelmente saltou 58%, para o maior nível em dois anos, superando expectativas de analistas. O desempenho ocorreu depois que sanções dos Estados Unidos fizeram com que a chinesa Huawei ampliasse encomendas de chips de memória do grupo sul-coreano.

Além de forçarem uma ampliação nas encomendas de chips, as sanções do governo de Donald Trump derrubaram as vendas de celulares da Huawei fora da China, abrindo espaço para os produtos da companhia da Coreia do Sul, que é uma aliada de Washington, disseram analistas.

A Huawei teve de acelerar encomendas de chips da Samsung pois as sanções de Trump restringiram o acesso da empresa ao componente a partir de meados de setembro.

A Samsung afirmou que o lucro operacional provavelmente atingiu 12,3 trilhões de wons (US$ 10,6 bilhões) nos três meses encerrados em setembro. O número é bem maior que os 10,5 trilhões de wons estimados por analistas segundo dados da Refinitiv. Se confirmado, será o resultado mais forte da empresa desde os 17,57 trilhões de wons de lucro obtidos no terceiro trimestre de 2018.

A receita do grupo provavelmente subiu 6% no mesmo período sobre o terceiro trimestre do ano passado, para 66 trilhões de wons, informou a companhia.

O balanço completo da Samsung deve ser divulgado no final deste mês.

“Parece que o impacto da Huawei sobre os negócios de chips da Samsung foi maior que o mercado esperava, e houve uma grande surpresa também nas divisões de smartphones e eletrodomésticos”, disse CW Chung, diretor de pesquisa da Nomura na Coreia do Sul.

Fonte: Reuters

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários