Mercado Livre expande frota sustentável com carretas movidas a gás

Até o final do ano, 46 carretas a gás estarão percorrendo as estradas do Brasil.

O Mercado Livre anuncia a expansão da sua frota sustentável, com a chegada de 46 carretas movidas a gás – Biometano e GNV (Gás Natural Veicular) – até o final de 2021. Os oito primeiros veículos já estarão em circulação até o final de junho, com ampliação gradual da frota ao longo do ano.

As novas carretas à Biometano emitem menos gases poluentes em comparação com as movidas à Diesel, minimizando o impacto ambiental da rede logística da empresa, que tem se expandido na mesma proporção que o crescimento do negócio em toda a região. A frota irá se somar aos 51 carros elétricos que já estão em operação no país desde dezembro do ano passado, acelerando a caminhada do Mercado Livre rumo a uma logística mais verde na América Latina.

As novas carretas irão atender inicialmente o Sul e o Sudeste do Brasil, mas a intenção da empresa é  chegar a todas as regiões do país com essa frota.  Para isso, ela  tem acompanhado a oferta deste tipo de combustível nos postos das principais rodovias, o que possibilitará a ampliação das rotas logísticas da companhia.

Com as oito carretas em circulação serão transportados, em média, quarenta mil pacotes por dia. Entretanto, até o final do ano, com as 46 carretas em operação, serão mais de 230 mil encomendas transportadas diariamente pelas carretas sustentáveis, o que irá fortalecer e dar continuidade à entrega mais rápida do Brasil.

O Mercado Livre conta com uma malha logística robusta composta pelos carros elétricos e carretas, além de vans e aviões. Atualmente, 90% das entregas da companhia ocorrem em até dois dias e 75% no dia seguinte, a partir da modalidade de Fulfillment, que atinge 1.800 cidades brasileiras – onde vive 80% da população do país.

“A expansão da frota sustentável está em linha com a nossa estratégia de meio ambiente e sustentabilidade para toda a América Latina. Temos consciência do aumento do nosso impacto ambiental. Por isso, almejamos operações cada vez mais limpas do ponto de vista ambiental e o protagonismo de veículos elétricos e a gás em nossa logística, o que reforça o nosso cuidado e preocupação com o meio ambiente”, comenta Fernando Yunes, vice-presidente sênior do Mercado Livre no Brasil.

Além de desenvolver projetos de mobilidade elétrica e a gás, o Mercado Livre atua em diferentes frentes de ação climática, medindo e reportando as suas emissões, além de desenvolver projetos de energias renováveis e gestão de materiais. A Melicidade – sede da empresa no Brasil, localizada em Osasco, SP – conta com mais de 1.800 painéis solares que abastecem 20% do consumo e os 80% restantes são abastecidos por outras energias renováveis.

Paralelamente, está em curso a migração de centros de distribuição no Brasil e no México para o abastecimento 100% com energias renováveis, a ser concluída em 2021. O projeto inclui também operações na Argentina, Chile e Colômbia.

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários