Perspectivas para o varejo no último trimestre

A empresa de pesquisa GfK Brasil apresenta uma perspectiva para a Black Friday e Natal 2020.

Eventos sazonais marcaram as mudanças de hábitos do consumidor ao longo da pandemia, diz Fernando Balaiuna, diretor de atendimento ao varejo da GfK Brasil. “Um breve resumo do que vimos num ano imprevisível: lar ampliado, novas necessidades e desejos foram se revelando a cada data”.

Fernando Balaiuna

Acompanhe a análise da GfK sobre o varejo e as perspectivas para a Black Friday e o Natal 2020.

Datas comemorativas foram alavancas importantes na pandemia. Primeiro o online em abril, e depois a ampliação do crescimento com a reabertura gradativa das lojas a partir de junho.

O mix de produtos mais vendidos durante a pandemia, que evidenciou o cenário de novas necessidades e desejos foram: notebooks, tablets e aspiradores de pó.

Varejos nacionais responderam rapidamente, investindo no online e na social media (5 anos em 5 meses).

PERSPECTIVAS PARA A BLACK FRIDAY

Os desejos de consumo são tradicionais na Black Friday, mas atenção às necessidades das diferentes classes sociais e regiões.

– 91% dos consumidores pretendem comprar

– 71% pretendem comprar o que precisam pagando menos

– 44% declaram ter menos dinheiro para gastar em relação à Black Friday de 2019

NATAL

A antecipação da compra dos presentes de Natal na Black Friday se repetirá, mas num cenário de redução de valores, levando em contato o final do auxílio emergencial. 

Quais presentes terão a compra adiantada durante a Black Friday?

Em 2020, o que o consumidor pretende comprar no Natal?

Fonte: GfK / Redação Eletrolar News

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários