SMARTPHONES – A tecnologia é quase um ímã

Smartphones têm grande apelo em datas comemorativas, principalmente porque as novas tecnologias atraem como um ímã, fascinam quem aspira a produtos com maior valor agregado. O Dia das Mães é uma boa oportunidade de o varejo aumentar a sua rentabilidade. O histórico dos últimos anos mostra que as vendas da categoria, no período, ficaram atrás apenas da Black Friday.

Produto mais importante de um mercado amadurecido, no qual a linha premium é mais que desejada, o smartphone deverá ostentar, por muito tempo, o título de aparelho que, se não mudou o mundo, no mínimo transformou o comportamento das pessoas. Passou a ser um companheiro inseparável por fazer praticamente tudo, de pesquisas de preços a pagamentos, de chamadas a exibição de filmes. Virou instrumento de trabalho, de consulta e de lazer nas 24 horas do dia.

Os avanços tecnológicos dos smartphones aguçam as vendas. Em 2019, os produtos mais premium sustentaram o crescimento do faturamento da categoria, apesar de as vendas em unidades terem caído 3%. Houve uma transformação na preferência do consumidor, tanto que a venda de aparelhos com tela maior ou igual a 5,6” mais que triplicou de um ano para outro. Por outro lado, smartphones com menos de 5,6” de tela venderam 60% menos em 2019 ante 2018, conforme dados da empresa de pesquisas GfK.

Para as empresas, o Dia das Mães é estratégico em vendas, e este ano pode ser melhor, com a economia se recuperando. Os produtos tecnológicos atraem e sempre agradam a quem é presenteado. As pesquisas mostram que as pessoas, hoje, querem, além da tela grande, memória, bateria e câmeras potentes que possibilitam tirar fotos praticamente profissionais e que chamam atenção nas redes sociais.

Mercado

Em 2019, o consumidor procurou produtos com diferenciais para elevar a sua experiência a um novo patamar, diz Fabricio Habib, gerente de produtos móveis da LG Electronics. “O consumidor brasileiro tem um perfil de buscar inovações já na fase de lançamento dos produtos. Por isso, procuramos o equilíbrio entre boas especificações técnicas dentro do que ele tem a intenção de desembolsar.”

A venda de aparelhos com tela maior ou igual a 5,6″ mais que triplicou de um ano para outro.

O brasileiro gosta de novas tecnologias, afirma João Rezende, gerente de produtos da SEMP TCL. “O mercado brasileiro de smartphones é um dos maiores do mundo e passa por uma transformação, com os consumidores buscando produtos mais específicos. A maior parte procura aparelhos que custam entre R$ 1.000,00 e R$ 2.000,00, com maior capacidade de processamento, memória, tela maior e múltiplas câmeras com ótimas resoluções.”

Como o mercado já atingiu a maturidade, o consumidor, agora, busca um upgrade, comenta Gustavo Massette, coordenador de produtos da Positivo Tecnologia. “Essa troca por produtos com tíquete médio mais elevado é acompanhada de uma pesquisa mais minuciosa e conhecimento técnico por parte do consumidor, o que gera oportunidades aos fabricantes que têm ofertas diferenciadas por preços competitivos.”

Desafios

Em início de operações no País, com vendas acima do esperado em 2019, a Xiaomi optou por trabalhar com lojas físicas, conta Luciano Barbosa, head do Projeto Xiaomi Brasil. “Entendemos nossa posição no mercado nacional e estamos fortalecendo aos poucos as nossas bases. Para nos consolidar, além de duas lojas físicas da marca, apostamos em parcerias com grandes varejistas e uma operadora, que têm exclusividade para comercializar alguns aparelhos em diferentes pontos de todo o Brasil.”

Mesmo movimentando milhões todos os anos, o mercado brasileiro ainda é bastante desafiador, diz Juliana Mott, head de marketing da Motorola Brasil. “Há diversos tipos de consumidores, desde os que buscam aparelhos simples até os que querem os mais sofisticados. O importante é entender o consumidor e focar em suas necessidades, fazer pesquisas e se adequar às expectativas, de forma a atender todos os tipos de perfis. Estamos aqui há cinco anos, consolidados em segundo lugar no market share.”

Pesquisas mostram que a preferência atual é por telas grandes, memória e câmeras potentes.

Complexidades e diferenças regionais acentuadas marcam o mercado brasileiro, afirma Felipe T. Cavalcanti, presidente da Red Mobile. “Algo que ocorre no Sul não necessariamente se reflete rápido no Norte e vice-versa. O tempo de amadurecimento dos mercados regionais é completamente distinto, e a grande diferença na distribuição de renda abre espaço para todas as categorias de smartphones. A maior semelhança é que, independentemente de onde esteja, o consumidor tem exigido que os fabricantes entreguem muita qualidade em seus produtos.”

A seguir, alguns destaques em smartphones.

LG Electronics

Fabricio Habib, gerente de produtos móveis da LG Electronics

Para a data, sugere o LG G8X ThinQ, o primeiro smartphone dual screen do mercado brasileiro, cujo grande diferencial é a câmera Z, frontal, com tecnologia 3D. “Toda essa inovação é devida à sua tecnologia de infravermelho Time of Flight (ToF) na câmera frontal, que é evidente em três frentes: segurança, usabilidade e selfies. E com a tecnologia Air Motion de detecção de gestos, o usuário comanda o smartphone sem tocar na tela, podendo abrir aplicativos, capturar telas e aceitar ou rejeitar chamadas, entre outras ações, apenas com o movimento das mãos”, explica o gerente de produtos móveis da LG.

Outro aparelho da LG, o K40S, tem tela HD+ de 6,1”, duas câmeras traseiras, uma de 13 MP com foco rápido automático PDAF, e uma super grande-angular de 117° de 5 MP, para tirar fotos de grupos e paisagens imersivas. Mais um aparelho, o LG K50S possui tela de FullVision de 6,5” e três câmeras traseiras, uma de 13 MP com foco rápido automático PDAF, uma super grande-angular de 115° de 5 MP e uma de 2 MP com sensor de profundidade. Os modelos oferecem qualidade de som graças à tecnologia DTS:X 3D Surround Sound e bateria de maior durabilidade.

G8SX ThinQ Dual Screen
Preço sugerido em 29/01/2020:
R$ 5.999,00
.

LG K40s
Preço sugerido em 29/01/2020:
R$ 999,00
.
LG K50s
Preço sugerido em 29/01/2020:
R$ 1.199,00
.

Motorola Brasil

Juliana Mott, head de marketing da Motorola Brasil

Lançamentos mais recentes, os modelos da família moto g, com o moto g8 plus e o moto g8 play, trouxeram atualizações inéditas na linha, como a melhor experiência de câmera, com sensor principal de 48 MP, funcionalidade Night Vision e sistema Quad Pixel Inteligente, e câmera de ação ultra-wide. Além deles, o Motorola razr representa a volta da marca para o mercado super premium, diz a head de marketing da Motorola Brasil. “É o primeiro smartphone em formato flip com tela flexível, que dobra completamente ao meio. O aparelho marcou toda uma geração, foi ícone da moda e da cultura pop.”

Outro aparelho da linha, o Motorola one hyper tem sistema de câmera principal de 64 MP de alta resolução e câmera selfie pop-up de 32 MP, que elimina a necessidade de notches ou recortes e permite o aproveitamento integral da tela Full HD+, de 6,5”. É o primeiro smartphone da marca com dual Night Vision nas câmeras traseira, na principal e na de selfie. Esse modo, associado à tecnologia Quad Pixel, proporciona quatro vezes mais sensibilidade à luz nas câmeras, mesmo em ambientes de baixa luminosidade.

moto g8plus
Preço sugerido em 29/01/2020:
R$ 1.699,00
.
Motorola one hyper
Preço sugerido em 29/01/2020:
R$ 1.999,00
.

Positivo Tecnologia

Gustavo Massette, coordenador de produtos da Positivo Tecnologia

Em 2020, a empresa reforma toda a linha, apresentando produtos com especificações que são muito procuradas por seu público-alvo. Na linha de smartphones, dentre os destaques, está o lançamento do Positivo Twist 3, voltado para pessoas que precisam de aparelhos funcionais e acessíveis.

Classificado como produto de entrada, o aparelho tem atributos nem sempre encontrados no mercado. “Ele possui 32 GB de armazenamento, sendo o maior da categoria, e conta com LCD diferenciado frente aos produtos de preço similar”, afirma o coordenador de produtos da Positivo Tecnologia.

Positivo Twist 3
Preço sugerido em 23/01/2020:
R$ 499,99.

Red Mobile

Felipe T. Cavalcanti, presidente da Red Mobile

Seu destaque é o smartphone TQuick 5.0, com duas capas. “Isso é um atrativo para o varejista, pois diminui a quantidade de cadastros de SKU e oferta ao consumidor a opção de usar a cor que mais lhe agradar. O aparelho, com tela de 5”, tem processador Mediatek, excelente apresentação e oferece uma experiência de consumo superior, bem como a melhor relação custo-benefício”, conta o presidente da Red Mobile.

Mais um ponto interessante do aparelho, que tem interação positiva nas redes sociais e penetração muito forte junto às classes C, D e E, é a possibilidade de tirar selfies, aproveitando a câmera com flash frontal. Além disso, é possível expandir a memória em até 64 GB, formando, assim, uma memória total de 72 GB.

Quick 5.0
Preço sugerido em 14/01/2020: R$ 449,00.

SEMP TCL

João Rezende, gerente de produtos da SEMP TCL

Os novos aparelhos da empresa fazem parte de um portfólio global, conta o gerente de produtos da SEMP TCL. “Eles carregam o conhecimento da TCL e de sua moderna fábrica de telas para TVs, com avançadas tecnologias, para os smartphones. Por causa dessa união, contam com recursos para alavancar a imagem, permitindo assistir a conteúdo por streaming HDR com extrema qualidade.” Na CES 2020, a empresa apresentou um 5G, que será vendido no mercado americano no segundo trimestre deste ano.

Para o Dia das Mães, a empresa vai trabalhar com os modelos TCL L10 e TCL L9 Plus. Com tela de 5,5”, o TCL L10 tem design, leitor de impressão digital e facial, rede 4G, sistema Android 9.0 Pie, dupla câmera traseira de 16 MP + 2 MP, câmera de selfie, sensor digital e bateria 3.000 mAh. O TCL L9 Plus, com design cinza escuro, tem tela de 5,3”, Quad-Core, câmeras traseira de 13 MP com flash e frontal de 8 MP, também com flash, 16 GB ROM, 1 GB RAM, Bluetooth e bateria de 2.460 mAh.

TCL L10
Preço sugerido em 29/01/2020:
R$ 599,00.
TCL L6 Plus
Preço sugerido em 29/01/2020:
R$ 549,00.

Xiaomi

Luciano Barbosa, head do Projeto Xiaomi Brasil

Em 2019, trouxe ao Brasil 15 modelos, que se diferenciam pelas câmeras, processadores, design e baterias de longa duração. “A maior novidade, no momento, é o Mi Note 10, que tem uma lente grande-angular de 108 MP, outra de 20 MP, duas teleobjetivas de 5 MP e 12 MP, e uma lente macro. Juntas, proporcionam infinitas possibilidades de produção de fotos. Possui display Amoled curvado em 3D, de 6,47”, moldura fina e bateria de 5.260 mAh, podendo permanecer carregado por dois dias. Utiliza o processador Qualcomm® Snapdragon TM730G”, diz Luciano Barbosa, head do Projeto Xiaomi Brasil.

Outro destaque da Xiaomi é o modelo Redmi Note 8, com câmeras de até 48 MP de alta resolução, tela de 6,3” e notch em formato de gota, bateria de longa duração e processador de alta potência. O chipset Qualcomm Snapdragon 665 presente no aparelho garante o desempenho na execução das funções. O chipset aprimora a experiência por meio de avançada tecnologia de IA. Possui 4.000 mAh e oferece carregamento de até 18 W por USB type-c.

Redmi Note 64 GB
Preço sugerido em 29/01/2020:
R$ 1.799,00.
Redmi Note 8 128 GB
Preço sugerido em 29/01/2020:
R$ 1.999,00.

Fonte: Redação Eletrolar News – por Leda Cavalcanti

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários