ABREE: Expectativas no sistema de logística reversa em 2021

Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos (ABREE)

Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos (ABREE)

Vanderlei Niehues, presidente

O ano de 2021 é de suma importância para o sistema de logística reversa, uma vez que é o primeiro da implementação do sistema de reciclagem de eletrodomésticos e eletroeletrônicos. Fabricantes e importadores estão cada vez mais engajados: temos hoje 42 associados, que representam 150 marcas, o que torna a ABREE a mais representativa gestora do setor, pois detém 95% do volume de produtos colocados no mercado.

“O ano de 2021 é o primeiro da implementação do sistema de reciclagem de eletrodomésticos e eletroeletrônicos.”

Por meio da instalação de mais de 1.300 pontos de recebimento em nível federal, buscamos unir todos os elos dessa cadeia de forma harmoniosa e produtiva. O cenário em que a preocupação ambiental está cada vez maior, traz otimismo com o envolvimento de todos os atores dessa cadeia, como consumidor, varejo, e governo.

Com esse objetivo, buscamos a padronização de questões fiscais não definidas no descarte do produto e no trânsito entre Estados, pois muitos deles geram tributação de um processo que deveria ser isento. Como o Brasil é um país com diversas abordagens regionais e pluralização das legislações, precisamos avançar nessa frente para o fomento da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

Os planos para 2021 são firmar ainda mais parcerias estratégicas para operacionalização do que é proposto no Decreto Federal para implementação do sistema de logística reversa. É um grande passo para o setor, e o meio ambiente é o maior beneficiado. 

Fonte: Revista Eletrolar News – Edição 141

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários