AR-CONDICIONADO – Tecnologia Inverter ganha mercado

Com a proximidade da primavera e a consequente subida dos termômetros, o varejo começa a se programar para os meses de dezembro, janeiro e fevereiro, os melhores para a comercialização de aparelhos de ar-condicionado. Afinal, não há consumidor que resista a dias seguidos de alta temperatura. A tendência, dizem os especialistas, está nos aparelhos com tecnologia Inverter.

Conforto térmico é bom, e todo mundo quer, principalmente no verão, tanto que a categoria de ar-condicionado agrega cada vez mais produtos com tecnologia que possibilita menor consumo de energia, trazendo boa rentabilidade ao varejo. “Os aparelhos estão cada vez mais acessíveis para todas as classes sociais, deixaram de ser artigos de luxo para se tornarem necessidade, sem pesar no bolso e na conta de energia”, diz Marcel Souza, executivo de vendas de linha branca e ar-condicionado da LG Electronics do Brasil.

A tendência é clara. “Entre os fatores decisórios na hora da compra estão as funcionalidades que otimizam o consumo de energia, mantêm a temperatura ideal e o aconchego do ambiente. Os mais procurados são o split, o on/off e o Inverter”, conta Cristiane Clausen, diretora-geral da Britânia e da Philco. “A tecnologia Inverter cresce no mercado, os aparelhos têm alta eficiência, gerando grande economia de energia, maior conforto e robustez na refrigeração”, atesta Alex Chen, diretor comercial da Gree Brasil.

Chegar ao melhor custo-benefício é a meta do consumidor. “Ele quer, cada vez mais, produtos com múltiplas funcionalidades, tecnológicos e eficientes, a preço justo. Também cresce o número dos que estão atentos ao contexto ambiental, que buscam diferenciais que possibilitem o consumo com redução de energia. A tecnologia Inverter é uma impulsora da decisão de compra, pois cumpre todas essas exigências”, diz Gustavo Martins de Melo, gerente de marketing de produto da Midea Carrier.

O modelo Inverter apresenta uma variação da rotação do compressor. Consequentemente, ajusta a temperatura conforme as variações de carga térmica, explica Carlos Eduardo de Souza Júnior, gerente de marketing da Elgin. “Quando o ambiente tem aumento da carga térmica, o aparelho ajusta para uma maior rotação, o que dá maior conforto aos usuários. Evita o liga/desliga dos equipamentos convencionais, com a vantagem de impedir picos de energia cada vez que volta a funcionar. Também resfria ou aquece mais rápido e é bem silencioso.”

Adaptação ao novo momento

As pessoas buscam soluções para o próprio conforto e também estão ligadas aos cuidados com a saúde, ainda mais agora, quando ficam em casa por tempo maior, diz Daniel Fraianeli, gerente de produtos e sistemas de ar-condicionado da Samsung Brasil. “Nos escritórios, essa procura por sensações confortáveis também se intensificou, bem como a preocupação com recursos mais sustentáveis. O mercado está se adaptando a esse novo momento, mas já traça perspectivas positivas para este semestre, sobretudo pela chegada do verão.”

O mercado brasileiro, na realidade, vem sofrendo mudanças, acrescenta Fernanda Cândido, gerente comercial da marca Agratto. “Ele passa por uma transição para a linha Inverter, mas ela ainda levará alguns anos para se concretizar. Neste momento, principalmente, há uma sensibilidade muito grande por preço. Por esse motivo, a linha on/off oferece excelente benefício para os consumidores.”

Em paralelo à demanda por maior eficiência energética, o consumidor quer equipamentos que façam uso de Internet das Coisas (IoT), diz Nikolas Corbacho, gerente de produto da categoria de ar-condicionado da SEMP TCL. “Eles permitem conectividade não só através do smartphone como, também, com outros equipamentos da casa.  A busca crescente e cada vez mais constante e acessível, faz com que os aparelhos conectados a uma rede residencial e que permitem automação já se tornem uma realidade no nosso mercado.”

Modelos de ar-condicionado de janela deixaram de ser procurados, diz Ricardo Gadioli, category manager da Electrolux. “Isso ocorreu devido ao alto consumo de energia e ao barulho incômodo de funcionamento. Os aparelhos split de janela e industrial são as opções mais cobiçadas no mercado. A economia na conta de energia compensa o preço um pouco mais alto do aparelho. Outro fator considerado pelo consumidor na compra é a harmonia do produto com o ambiente.”

Comparado às economias maduras, o mercado brasileiro ainda é muito incipiente, afirma Cesar Trotte, fundador da Fontaine Brasil. “A produção é pequena, somente 15% das residências têm um aparelho de ar-condicionado, enquanto na Argentina 68% delas contam com o produto. Em 2020, o Inverter vem crescendo em relação a 2019, a demanda é parecida com o on/off, porém, daqui a cinco anos, é essa a tecnologia que prevalecerá. O custo da energia é muito alto no Brasil.”

Disputa nos canais de venda

O comércio especializado ainda domina as vendas em lojas físicas na comparação com varejistas, diz Daniel, da Samsung. “Por outro lado, o varejo apresenta mais solidez no e-commerce. Há, no entanto, um processo de transformação em andamento. Com a criação de marketplaces, varejistas abriram espaço para que os comércios especializados também migrassem para as vendas online. É um novo momento para o setor.”

Na pandemia, o e-commerce cresceu bastante, diz Carlos Eduardo, da Elgin. “Muitos varejos tiveram que se reinventar, e as pessoas estão adaptando suas casas, o que justifica o aumento das vendas de unidades com baixas capacidades (9.000 BTU/h e 12.000 BTU/h), ideais também para home offices, ambientes com maior uso neste momento.” Da mesma opinião é Gustavo, da Midea Carrier. “O processo de crescimento do e-commerce se acentuou na maioria do varejo brasileiro, que é o principal mercado para a empresa em HVAC.”

O maior registro de vendas está em canais de varejo especializado diz Cristiane, da Britânia e Philco. “Em relação ao e-commerce de clientes e parceiros de marketplaces, tivemos aumento significativo em vendas nos últimos meses.” A categoria é amplamente comercializada pelo e-commerce. “Com o cenário recente de pandemia, houve grande crescimento nesse segmento”, diz Marcel, da LG. A Gree também constatou vendas maiores no e-commerce durante a pandemia. “Acreditamos ser uma tendência irreversível”, comenta Alex.

Os distribuidores, por sua vez, vêm perdendo market share indo para o online através do marketplace, que deveria estar nas mãos dos fabricantes, afirma Cesar, da Fontaine Brasil. “Quando eles vão para a guerra de preços, todos perdem.” As vendas ocorrem tanto no varejo físico como no online, diz Ricardo, da Electrolux. “Nos últimos meses cresceu a procura por muitas categorias no online, entre elas a de ar-condicionado.” Para Fernanda, da Agratto, os maiores vendedores são “especializadas, varejo, home centers e e-commerce”.

Tanto o varejo tradicional quanto o especializado têm papel importante no mercado, e as vendas por e-commerce se tornaram realidade para praticamente todas as categorias, diz Nikolas, da SEMP TCL. “Para a temporada 2020/2021 o mercado estará aquecido, uma vez que os consumidores passaram a criar ambientes para trabalhar em home office e querem se sentir bem. O ar condicionado proporciona essa experiência de conforto, independente do clima externo.”  

Aparelhos que estão no mercado

AGRATTO

Fernanda Candido,
gerente comercial

Produz uma ampla linha de condicionadores de ar split Hi-Wall. Entre os aparelhos da marca, há modelos convencionais on/off, Inverter e piso/teto, com capacidade que variam de 9.000 BTU/h até 56.000 BTU/h. Todos os produtos da marca trabalham com gás ecológico, possuem sistema de filtros Multifilter e Selo Procel.

Com design inovador, os aparelhos Agratto Eco 4390 ECS 18Q (18.000 BTU/h quente e frio) e Eco 8809 ECS9 (9.000 BTU/h) são sustentáveis, econômicos e duráveis. A função Eco gera melhor custo-benefício e permite ajustes precisos da temperatura. Contam com tubos totalmente em cobre, display, controle, iluminação suave e painel de LED.

Agratto Eco 4390 ECS18
Agratto Eco 8809 ECS9

BRITÂNIA

Cristiane Clausen, diretora-geral

Atualmente, possui diversos modelos, entre eles portáteis, split e Inverter, que se adequam a diferentes ambientes, como casas e escritórios. Considerando as variações dos modelos, são aproximadamente 12 aparelhos da marca disponíveis no mercado.

Os produtos têm capacidade de refrigeração de 9.000 BTU/h a 18.000 BTU/h e diferentes modos de operação: automático, refrigerar, aquecer, ventilar, desumidificar, função timer, sleep e oscilar. Possuem classificação energética A e sistema de controle Inverter, que mantém a temperatura ideal de forma constante. Os próximos lançamentos terão a função Protect, que protege contra vírus e bactérias, e Wi-Fi para controle do aparelho por meio do smartphone.

Split Britânia Eco Inverter BAC9000ITFM9W
Split Britânia modelo BAC120000TFM9

ELECTROLUX

Ricardo Gadioli, category manager

Tem mais de 20 modelos de ar-condicionado, entre eles produtos com a exclusiva tecnologia da empresa, Geofence, que permite controlar o aparelho pelo app Home+, usando o smartphone. Também tem modelos com a tecnologia Inverter, que garante economia de até 60% de energia na comparação com os aparelhos tradicionais. Os produtos são silenciosos e oferecem tripla filtragem de ar com carvão ativado, eliminando bactérias e purificando o ar.

As capacidades variam de 9.000 BTU/h a 22.000 BTU/h. O ar-condicionado XI12R tem unidade compacta, com chassi inoxidável, conexão via appElectrolux Home+ e tecnologia Inverter. A unidade externa dispõe de saída de ar vertical para maior proteção contra chuva e vento forte, e não enferruja. Outro produto, o QI12F, tem a função Ultra Filter, que ajuda a reter até 99% das bactérias, filtros de carvão ativado e de nylon e função Eco, que também reduz o ruído.

QI12F Inverter Tecno – Preço sugerido em 17/07/2020: R$ 2.299,00.
XI12R Smart Control – Preço sugerido em 17/07/2020: R$ 1.889,00.

ELGIN

Andrea Lima, gerente de produtos

Disponibiliza unidades de ar-condicionado split, residenciais e comerciais, com capacidades de 9.000 BTU/h a 80.000 BTU/h, e modelos em rotação fixa e variável, além de climatizadores, umidificadores, ar-condicionado portátil e cortinas de ar. Neste semestre, lança o split Inverter Eco Life, nas versões frio e quente/frio, com capacidade de carga térmica de 9.000 BTU/h a 24.000 BTU//h, classificação A no Inmetro, Selo Procel, filtros de carvão ativado, vitamina C, antiácaro e filtro catalisador a frio. As unidades Eco Life têm a função de autolimpeza, auto restart, detecção de vazamento de gás e garantia de três anos.

Piso/teto Inverter – Preço sugerido em 15/07/2020: a partir de R$ 6.500,00.

Outra novidade é o split piso/teto Inverter, nas capacidades de 36.000 BTU/h a 60.000 BTU/h, versão frio e alimentação de 220 V, para ambientes comerciais. Tem rotação variável, economiza até 40% de energia, serpentina com tubos de cobre, movimento automático das aletas da evaporadora (duplo swing), classificação A no Inmetro e três anos de garantia. Lança, ainda, dois climatizadores Big Air, com tanques de 45 e 65 litros para ambientes de grande porte. Portáteis e com rodízio para facilitar a movimentação, estarão disponíveis em 127 V e 220 V, com um ano de garantia.

FONTAINE BRASIL

Cesar Trotte, fundador

Trabalha com a tecnologia Inverter na área residencial e com on/off na comercial. Criada em 2012, no Rio de Janeiro, a empresa muda o seu modelo de negócio com a inauguração, em novembro próximo, da fábrica na Zona Franca de Manaus (AM), onde montará os produtos, tornando a operação mais rentável. Os aparelhos da marca têm moderno design, baixo ruído e sistema Blue-Fin, criado para deixar o ambiente mais agradável.

Seu split Hi-Wall com tecnologia Inverter é compacto, tem Selo Procel, baixo ruído, tubos e serpentinas de cobre e utiliza gás R410, que não agride a camada de ozônio. A linha Inverter é apresentada nas capacidades de 12.000 BTU/h, 18.000 BTU/h, 24.000 BTU/h e 30.000 BTU/h. A empresa foi pioneira no lançamento do split na voltagem de 110 V. Tem, também, o ar-condicionado de janela, eletrônico, disponibilizado com 10.000 BTU/h e 10.500 BTU/h, na voltagem de 127 V.

Ar-condicionado de janela – 10.000 BTU/h – Preço sugerido em 15/07/2020: R$ 1.699,00.
Split Invert com kit incluso –12.000 BTU/h – Preço sugerido em 15/07/2020: R$ 2.099,00.

GREE BRASIL

Alex Chen, diretor comercial

Possui as linhas residencial, comercial leve e comercial, com diversas capacidades. A primeira conta com os modelos Hi Walll splits: Eco Garden on/off, Eco Garden Inverter, ar-condicionado janela e ar-condicionado portátil. A linha comercial leve traz os modelos multisplits: piso/teto on/off, piso/teto Inverter e cassete Inverter. E a linha comercial tem os modelos VRF e Chiller. A empresa atua, também, em grandes projetos.

Seu aparelho Eco Garden Inverter tem como principais características a robustez e a qualidade empregada no processo de fabricação. Com alta eficiência, oferece conforto térmico, economiza 65% de energia elétrica em relação a um aparelho convencional e tem resfriamento mais rápido, de até 45%. A empresa oferece seis anos de garantia para o compressor e um ano para o produto.

Conjunto Eco Garden Gree

LG ELECTRONICS

Marcel Souza, executivo de vendas de linha branca e ar-condicionado

Dispõe de soluções para linhas de grande porte e residenciais. Neste segmento, com tecnologia de ponta, tem a Linha Dual Inverter Voice, uma evolução do compressor Inverter. É mais silenciosa, econômica e segura, além de ter comando de voz. O aparelho Dual Inverter Voice Power, com capacidade de até 36.000 BTU/h, destina-se a ambientes maiores ou pequenos comércios. Com design premium, o Dual Inverter Voice Artcool foi pensado para quem quer ter o ar-condicionado como item decorativo do ambiente. Sua capacidade é de 12.000 BTU/h. A linha tem outros aparelhos Dual Inverter Voice, portátil e de janela.

Entre as principais características dos produtos, estão a conectividade e o comando de voz. Com o aplicativo LG ThinQ®, é possível controlar e monitorar o ar-condicionado remotamente, direto de um smartphone, desde que seja feito um pareamento com o Alexa ou Google Assistente. Outro atributo é o Ionizador Plasmater Plus, presente só no Artcool, tecnologia exclusiva desenvolvida pela LG, que reduz em até 99,9% as bactérias do ambiente em no máximo 60 minutos. Ao adicionar mais de 3 milhões de íons no ar, a solução garante maior proteção e superfícies mais higienizadas. Outro diferencial é o compressor Dual Inverter™, com 10 anos de garantia.

Dual Inverter Voice Power – Preço sugerido em 16/07/2020: R$ 6.999,00.
Dual Inverter Voice Artcool – Preço sugerido em 16/07/2020 para o modelo de 12.000 BTU/h: R$ 3.399,00.

MIDEA

Gustavo Martins de Melo, gerente de marketing de produto

Possui três linhas: residencial, com condicionadores de ar split e janela para casas e apartamentos; comercial leve, que atende espaços maiores, como academias e lojas; e comercial, para grandes empresas e empreendimentos com equipamentos como chillers. Todos são desenvolvidos a partir das mais modernas tecnologias, como a Inverter. O quente e frio mantém a temperatura do ambiente constante e traz mais conforto com a função noite, que reduz em até 74% o consumo de energia. Seu sistema elimina até 99,9% dos vírus e bactérias, incluindo o da gripe H1N1.

Outro grande destaque é a possibilidade de controlar o ar de qualquer lugar através do aplicativo via Wi-Fi. Os modelos utilizam fluido refrigerante ecológico, que não agride a camada de ozônio nem é tóxico. A diversificação de produtos, por meio das três linhas da empresa, lhe permite estar presente em qualquer ambiente, desde casas e apartamentos até grandes obras, como o Maracanã.

X-power Inverter 30k, Códigos 42ZQVA30C5 | 38CCVA30515MC – Preço sugerido em 15/07/2020: a partir de R$ 6.799,00.
AirVolution 9k Inverter Frio – Preço sugerido em 15/07/2020: a partir de R$ 1.649,00.

PHILCO

Cristiane Clausen, diretora-geral

Conta com mais de 45 modelos, incluindo portáteis, split, inverter, piso/teto e cassete, para ambientes residenciais e mercado corporativo, com capacidades que variam de 9.000 BTU/h a 60.000 BTU/h. Trabalham de modo automático e têm as funções aquecer, ventilar, desumidificar e timer. Seu sistema de controle Inverter possui classificação energética A.

Os próximos lançamentos da marca terão a tecnologia Vírus Protect, que aumenta a proteção contra vírus e bactérias, e inteligência artificial. Com Wi-Fi, seus novos aparelhos de ar-condicionado poderão ser conectados remotamente pelo smartphone.

Split PAC9000TFM9
Split Eco Inverter PAC12000ITFM9W 

SAMSUNG

Daniel Fraianeli, gerente de produtos e sistemas de ar-condicionado

Na linha residencial, tem os modelos split, com as linhas Digital Inverter e Wind Free. Para espaços mais amplos, inclusive comércios, disponibiliza a linha multisplit chamada FJM, cujo destaque está nos cassetes de uma ou quatro vias, com tecnologia Wind Free. Os modelos VRF, da linha DVM, também são indicados para áreas maiores. Sua principal linha é a do cassete 360, que oferece conforto superior ao da tecnologia Wind Free. Com vasto catálogo, a Samsung disponibiliza uma plataforma exclusiva, que ajuda a escolher o melhor aparelho para cada ambiente.

Os modelos split são indicados para um cômodo em casas e apartamentos. As outras linhas, FJM e DVM, podem ser utilizadas em espaços de maior porte, como restaurantes, lojas e escolas. Em todas as linhas, a empresa aposta em tecnologias que entregam mais conforto e economia de energia. Com a Wind Free, por exemplo, o usuário não recebe vento direto, ele se espalha de forma mais homogênea. E o compressor digital Inverter age de forma inteligente para evitar grandes variações de temperatura.

Wind Free
Digital Inverter

SEMP TCL

Nikolas Corbacho, gerente de produto da categoria de ar-condicionado

A linha Split Inverter Elite Series da TCL é apresentada em dois modelos com muitas funcionalidades, como a função I feel, que utiliza um sensor de temperatura no controle. Mantém o nível de conforto de acordo com a localização no ambiente e proporciona alta economia de energia na comparação com os modelos convencionais.

Os aparelhos estão disponíveis em quatro capacidades, de 9.000 a 24.000 BTU/h, e nos modelos só frio e quente/frio. A praticidade começa já na instalação por um especialista, com o dreno bilateral. O TCL Inverter Elite Series pode ser instalado em qualquer lado do cômodo e a manutenção se torna eficiente com o modo auto diagnóstico, no qual o display dos aparelhos informa qualquer erro de conexão e funcionamento.

Elite Series Inverter Quente e Frio – Preço sugerido em 31/07/2020: R$ 3.999,00 para o de 24.000 BTU/h.
Elite Series Inverter Frio – Preço sugerido em 31/07/2020: R$ 3.799,00, para o de 24.000 BTU/h.

Por Leda Cavalcanti

Revista Eletrolar News 137

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários