Assistência técnica: quem decide é o consumidor.

Wagner Gatto, diretor-executivo da Abrasa

Mais do que nunca, o consumidor está com a palavra e com a decisão. É hora de a Associação Brasileira de Pós-Vendas em Eletroeletrônicos (Abrasa) e de os empreendedores que integram a Rede Premium pensarem, juntos, em novas oportunidades e parcerias. Apesar do crescimento de 9,78% na quantidade de OSs atendidas no primeiro semestre de 2019, a transformação chegou para todos. Não importa qual é o setor de atuação nem o tamanho da empresa, o que é certo é que não podemos ficar à espera de reformas governamentais.

É preciso sair da mesmice, parar de tentar resolver problemas novos com soluções antigas. É preciso ter a capacidade de estimular e reunir pessoas em um clima de confiança e transparência, inclusive para resolver conflitos de gerações e analisar experiências e inovações. As pesquisas mostram que 85% dos colaboradores não são engajados no que fazem na empresa. Então, é necessário incentivar a criatividade e a busca de soluções. Não podemos confundir o propósito da empresa com as necessidades dos consumidores.

Quem ditará seu propósito: você ou o seu cliente? Pense nisso. A adequação aos novos comportamentos e experiências do consumidor fará a diferença no atendimento. O bom relacionamento é fundamental em todo o nosso segmento, uma vez que é com ele que vamos desenvolver o negócio, a marca e os serviços. Para atender os anseios de cada consumidor, o caminho viável e o mais certo é o bom relacionamento.

 

Fonte: Revista Eletrolar News ed. 133

 

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários