Indústria eletroeletrônica e de bens de informática impulsiona Zona Franca de Manaus

Alfredo Menezes, superintendente da Suframa

A análise das estatísticas mais atualizadas do Polo Industrial de Manaus (PIM), referentes ao mês de agosto, permite inferir que o PIM segue caminhando firme para consolidar, ao final de 2019, o seu melhor resultado de faturamento dos últimos seis anos. O excelente desempenho registrado até então pelos segmentos eletroeletrônico e de bens de informática do PIM, sem dúvida, é um dos principais fatores para essa projeção otimista.

Dos R$ 65,08 bilhões faturados pelo PIM de janeiro a agosto, o segmento eletroeletrônico contribuiu com R$ 17,31 bilhões e o de bens de informática, com R$ 14,33 bilhões, o que equivale a uma participação conjunta de mais de 48% na composição global do faturamento. Os dados da Suframa apontam, ainda, que os dois segmentos geram mais de 35 mil empregos diretos, o que reforça  seus papéis vitais e estratégicos para a indústria da Zona Franca de Manaus.

Temos confiança de que o PIM, muito em função dos resultados obtidos pela indústria de produtos eletroeletrônicos e de bens de informática, continuará em trajetória ascendente nos próximos anos. Presenciamos uma melhora gradual nos cenários produtivo e de negócios do País, ao mesmo tempo em que reformas macro e microeconômicas são promovidas pelo governo federal, contribuindo para gerar impactos positivos no mercado nacional, que consome mais de 98% dos produtos fabricados na Zona Franca de Manaus.

Essas e outras medidas de facilitação, com certeza, contribuirão para atrair novos negócios e investimentos para o PIM e, consequentemente, trazer melhores resultados para as empresas e ampliar a geração de emprego e renda para a população.

Fonte: Revista Eletrolar News ed. 134

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários