Telhanorte lança coleção exclusiva de iluminação

Assinam o design Murilo Weitz, Rodrigo Ohtake e o escritório Ohma Design.

A

A Telhanorte  apresenta a sua primeira linha de produtos assinados por designers. É uma coleção completa de iluminação, com luminárias de mesa, arandelas, pendentes e plafons pensados e projetados pelos jovens designers Murilo Weitz, Rodrigo Ohtake e o escritório Ohma Design. A concepção das peças teve a curadoria de Kirla Vieira, responsável pela área de iluminação da Telhanorte, em parceria com a Archademy, o primeiro e maior market network de arquitetura e design de interiores do Brasil.

São opções sofisticadas, porém com preço mais acessível. A investida dialoga com a filosofia da empresa em oferecer a solução completa e tornar a experiência de compra a mais agradável possível, com acessibilidade e democratização. “Há um tempo vínhamos estudando a possibilidade de incorporar ao nosso mix alguns produtos assinados por designers. O projeto é um marco para a Telhanorte e principalmente para o setor de Iluminação, levando a categoria a um outro patamar competitivo no modelo de negócio de home center”, destaca Kirla.

O lançamento da coleção é uma das ações estratégicas da Telhanorte para o setor de iluminação, cuja área foi revitalizada em algumas unidades da rede, visando tornar a experiência de compra mais completa e assertiva, com um ambiente mais agradável e moderno.

 Com concepções diversas, as novas luminárias foram projetadas para combinar com ambientes mais versáteis. A coleção assinada por Murilo Weitz, foi inspirada na temática industrial. Sua pesquisa para o projeto buscou elementos desse universo, desenvolvendo peças com madeira e metal. Weitz explica que o momento de pandemia, em que as pessoas fica mais  tempo em casa, mostrou o quanto o design de interiores é importante e faz a diferença. “Principalmente para aquelas pessoas que precisam trabalhar no sistema home office e necessitam de um ambiente confortável, com móveis funcionais e bem iluminados, para desempenhar melhor suas atividades”, explica.

As peças de Rodrigo Ohtake foram criadas na praia, local onde o designer está passando o isolamento social. “A luz na arquitetura é fundamental, assim como a sombra e a escuridão. A transição entre escuro e claro é muito importante e eu desejo que essas luminárias possam deixar a casa das pessoas mais agradável, divertida e pessoal, enfim, que elas possam ajudar a tornar a casa um lar”, afirma. Assim nasceu a coleção de luminárias “Baleia”. Rodrigo é neto da artista plástica Tomie Ohtake e filho dos também arquitetos Ruy Ohtake e Silvia Vaz.

Observar as mudanças pela janela, no céu e na luz do sol, visualizando perspectivas diferentes, ajudou na criação da coleção de luminárias desenvolvida pelo Ohma Design. “A iluminação confere aconchego ao projeto de designer de interiores. A luz direta e indireta auxilia a construção de várias cenas dentro de um ambiente”, explica a arquiteta Paloma Bresolin, que divide o escritório com outros dois jovens profissionais, o arquiteto Nicholas Oher e o designer de interiores, Fabio Marx.

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários