SUFRAMA: Em ano complexo, ZFM enfrentou desafios e gerou oportunidades

Superintendência da Zona Franca de Manaus

Algacir Polsin, superintendente da Suframa

O ano de 2020 foi extremamente desafiador para diversos segmentos da sociedade. A Suframa lamenta, em primeiro lugar, o sofrimento da população com a Covid-19 e manifesta sua solidariedade aos familiares e amigos dos que foram atingidos pela pandemia.

Em meio a este cenário de dificuldades, o ano termina com indicadores crescentes de faturamento, produtividade e mão de obra no Polo Industrial de Manaus (PIM). Destaque para os polos Eletroeletrônico e de Bens de Informática, os de maior representatividade, bem como para os mais de R$ 6 bilhões em novos investimentos aprovados em 2020 pelo Conselho de Administração da Suframa, que devem gerar cerca de 8 mil empregos em até três anos.

2020 ficará marcado na história pelos tantos desafios enfrentados e superados.

Os acontecimentos favoráveis não param por aí. Também ocorreram avanços em diversas parcerias institucionais e frentes prioritárias de trabalho, especialmente ações que buscam a diversificação da matriz econômica da região e o aprimoramento do ambiente de negócios.

Este ano ficará marcado na história pelos tantos desafios enfrentados e superados. Mas a capacidade de resiliência demonstrada pelas forças vivas da sociedade proporcionará ainda maior vigor e propósito ao trabalho desempenhado pela Suframa e pelo governo federal como um todo para tornar a ZFM, em 2021, ainda mais competente e efetiva em sua missão prioritária: reduzir desigualdades e contribuir para o desenvolvimento socioeconômico e sustentável da Amazônia.

Fonte: Revista Eletrolar News ed. 140

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários